Siga-nos

Perfil

Expresso

A esquerda só pode ser nacionalista

  • 333

A esquerda está cada vez mais nacionalista, cada vez mais crítica da União Europeia, do exterior, do estrangeiro (claro que o progressista não diz que tem medo do estrangeiro, diz que a “globalização é terrível”). Mesmo entre moderados, a esquerda fala cada vez mais a linguagem nacionalista. O que antes era um discurso “populista”, “soberanista”, “reacionário” ou até “fascista” é hoje a tábua de salvação do discurso progressista. Ora, tendo em conta o passado de internacionalismo socialista, até poderíamos considerar que estamos perante uma rutura histórica. Mas, na verdade, a esquerda está a voltar a casa. Sim, foi a esquerda que inventou o nacionalismo moderno muito antes dos sonhos socialistas e marxistas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI