Siga-nos

Perfil

Expresso

“Guerra dos Tronos” não é para meninas

  • 333

O último episódio de “Guerra dos Tronos” terminou numa asfixiante cena de violação: Sansa Stark é violada na noite de núpcias por Ramsay Bolton; ao terceiro marido, Sansa conhece finalmente o sexo da pior forma possível. O incómodo é total, mas faz parte da narrativa, faz parte da criação da atmosfera moral que terminará em tragédia ou redenção para Sansa. Ver ou ler uma cena incómoda faz parte da leitura adulta das coisas. Se não querem livros ou filmes ásperos, os leitores e leitoras podem sempre escolher as xaropadas de Nicholas Sparks, Paulo Coelho e equivalentes lusos. O que não podem fazer é transformar esse incómodo em indignação ou boicote, tal como fez a senadora americana Claire McCaskill.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI