Siga-nos

Perfil

Expresso

Afinal, Angela Merkel já não é uma ditadora?

  • 333

Ficou muita gente surpreendida com a decisão expressa e inequívoca da chanceler alemã de apoiar a vinda de refugiados da Síria e de outros países do Médio Oriente para a Europa, bem como de exigir aos outros países da União que recebam também uma parte proporcional destes refugiados. Acharam que, pela primeira vez, Merkel mostrou humanismo e vontade de ajudar em termos internacionais. Estão enganados: não foi a primeira vez e a atitude, sendo altamente louvável, não é surpreendente vinda de quem vem.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI