Siga-nos

Perfil

Expresso

Coluna de alterne

A perseguição ao Dr. Salgado

A Coluna de Alterne, sempre atenta ao lado oculto dos problemas e aos problemas ocultos pelos lados, descobriu algo que estava à vista de todos: há uma perseguição em curso ao Dr. Ricardo Salgado, aos seus amigos, aos seus familiares e até aos seus políticos preferidos. Eis algo que não pode acontecer numa democracia!

O que querem aqueles tipos da Comissão, na sua maioria gente desqualificada? É a inveja social que os move, por não poderem passar o fim do ano na mansão do Dr. Salgado, residência que apesar de nunca ter visto sei que é luxuosa? É não poderem ir de iate, Mediterrâneo fora, por serem uns pelintras do piorio? Não posso dizer o que seja, mas desconfio ser algo assim.

Arregimentaram todos os inimigos do Dr. Salgado (ou vá lá, não foram todos os 8,5 milhões, mas apenas os mais importantes) e fazem-nos falar,com perguntas capciosas todas elas dirigidas contra o ex-presidente do BES, que seria ainda hoje o presidente, não fora o governador do Banco de Portugal, o Governo de Portugal, o Banco Central Europeu, os acionistas, os obrigacionistas e mais uns 8,5 milhões de pessoas terem-lhe um pó danado.

Vejam que o Ricciardi, o Queirós Pereira, o Sobrinho, o próprio José Manuel Espírito Santo, o contabilista, o motorista (perdão esse é doutro processo) e todos os outros disseram que ele, Salgado, só por ser o presidente executivo do BES era o principal responsável. Como se o principal responsável pela morte numa casa fosse o seu dono e não, como se sabe, o mordomo.

Acresce que o Dr. Salgado, estando embora sob uma caução de três milhões de euros, está inocente. Tão inocente como o mais inocente dos portugueses que, como se sabe, são todos acusados de qualquer coisa (v.g. Pinto da Costa, Valentim Loureiro, José Sócrates, Armando Vara, João Rendeiro, Duarte Lima, Miguel Relvas, etc.). Tudo isto porque há um juiz que manda prender toda a gente e uma Comissão de Inquérito que ardilosamente faz perguntas de modo a que nos pareça que o Dr. Salgado se abotoou com uns cobres, quando na realidade ele quer distribuir esses cobres por gente de todo o mundo, nomeadamente a que vive em offshores.

Proponho, pois, que além do manifesto contra a privatização da TAP; do manifesto a favor da privatização da TAP e das declarações de inocência que inúmeras visitas abonatórias fazem a Évora, haja uma lista de personalidades que clama:

- O Dr. Salgado é inocente e o que lhe estão a fazer é uma perseguição inacreditável para impedir que a sua vida faustosa continue!

Lancei a petição há duas semanas na internet e até agora recebi duas assinaturas. A minha e a do Dr. Salgado. Infelizmente, os bens do Dr. Salgado estão arrestados, caso contrário ia com o Marcelo passar o fim de ano à mansão e depois andaria de iate pelo Mediterrâneo.

Pode ser que ainda consiga, caso contrário tenho de tentar com outro.