61
Anterior
O vírus contra-ataca
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >  Baptista da Silva em listas do PS

Baptista da Silva em listas do PS

O homem que se dizia consultor da ONU integrou uma lista nas distritais do PS, rival à de António Costa. Foi eleito para a comissão política mas nunca apareceu.
|
Baptista da Silva, o 'burlão' da ONU

Artur Baptista da Silva era um dos nomes cimeiros na lista de Rui Cunha, nas eleições para a Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL) do PS, em 1990. A Lista foi derrotada pela de António Costa mas Baptista da Silva foi eleito para a Comissão Política.

"Nunca apareceu e desapareceu de circulação", conta ao Expresso o ex-deputado e ex-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Rui Cunha.

O percurso do falso professor universitário no PS  não se ficou por aqui. Foi apoiante de Vítor Constâncio para secretário-geral (em 1986) e nas eleições para a Concelhia de Lisboa (em 2008) esteve contra Miguel Coelho. 

Leia mais na edição de 5 de janeiro do Expresso.



Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 61 Comentar
ordenar por:
mais votados
Protecção mafiosa aos políticos oportunistas

Este não foi só um erro dos jornalistas ávidos de 'sensacionalismo contra o poder'.

Foi também o erro do PS em ter nas suas fileiras pessoas de carácter pouco recomendável, mas como 'todos, somos poucos', há que não reparar na qualidade das pessoas que querem 'ajudar'.

E o pior disto tudo, é que aos políticos tudo se perdoa:
Quem quer ser vigarista, corrupto, mentiroso e enganador, entra para um partido e já tem a sua protecção, como se fosse da máfia.

E foi assim que fizeram os isaltinos, os valentins, ou as felgueiras...

Quer passaporte para a impunidade?

Inscreva-se num partido, de preferência que esteja próximo do poder.

Com uma sociedade assim, como acreditar no mérito?

Porque não emigrar?
Mais Papista que o Papa
Disse que me disse que disse...
R: Disse que me disse, que disse...
Pela boca morre o peixe!!!
Tem que se ver o contexto...
.
Baptista da Silva em listas do PS
Este personagem é um não problema para ser motivo de tanta notícia.
No PS ainda há gente mais qualificada para a execução de determinado tipo de tarefas mais ou menos melindrosas. Alguns deles até passaram de Caixas num balcão de província a Administradores de Instituições Financeiras sem saberem muito bem o que andavam ali a fazer.
Deixem lá o homem em paz!
Porquê?
Nas listas do Ps?
Mais uma para o saco na minha consideração dos políticos e do PS em especial.Como é possivel acontecerem certas coisas em Portugal e o Povo não acordar??
Este Artur só incomoda

Outros Artur, eleitos e legitimados, podem roubar à vontade sem nada que se lhes aponte.
Lindo
Ó fartinho
.
Complicado
Simplificando
Contribuindo
Por cá tudo igual... Nada muda só as moscas...

Sim ... "O percurso do falso professor universitário no PS não se ficou por aqui. Foi apoiante de Vítor Constâncio para secretário-geral (em 1986) e nas eleições para a Concelhia de Lisboa (em 2008) esteve contra Miguel Coelho..."

O PSD Também tem os seus escolhos! Um deles chama-se Duarte Lima.

Em processo de 1997, foram investigadas as contas do Duarte Lima. O advogado declarou ao Fisco, entre 1986 e 1994, rendimentos de 182 mil contos, mas a Polícia Judiciária encontrou movimentos milionários...

Foram às suspeitas de fuga ao Fisco e de enriquecimento ilícito – divulgado pelo extinto jornal ‘O Independente’, em Dezembro de 1994 – que levaram a uma investigação exaustiva da atividade profissional e financeira do advogado. Após averiguarem movimentos em 35 contas bancárias e reunirem um processo com 20 volumes e 11 apensos, o Ministério Público e a Polícia Judiciária concluíram por vários ilícitos. Todavia, acabou por ser proferido um despacho de arquivamento

Apesar desse currículo maravilhoso, o Duarte Lima não sofreu qualquer penalidade política, e em janeiro de 1997 venceu as eleições para a presidência da Federação Distrital do PSD/Lisboa, mantendo-se como deputado na Assembleia da República.

Felizmente, em novembro de 1998, a mão da Providência Divina obrigou-o a se afastar da vida pública portuguesa, coisa que por uma questão de corporativismo nenhum deputado tomou a iniciativa.

Isso só nos mostra, como estamos nas mãos da Providência Divina..
Diga-me uma coisa...
Bulador
Corrigindo: burlão e burlador
Ora aí está...
Uma figurinha à relvas!

Cada jardim com a sua erva daninha!
à relvas?
.
Pagar "mico"
O termo brasileiro "pagar mico" (vergonha por acto alheio), foi a reacção possível à leitura da confrangedora nota da direcção. Em que no dar voz a um membro do governo, fosse o pluralismo suficiente para esconder o sectarismo de ideias, que nem ideológicas são.
Não foi Artur Baptista da Silva (Doutor, que nada tenho contra a pretensão), que tem transformado o conteúdo do Expresso num "diálogo em viagem de táxi“. Só as credibilizou, associando às mesmas, altas instancias internacionais em que se assumia como representante.
Ponto final, paragrafo
Mas assiste-se ao triste espectáculo que, continuando na gíria brasileira, se pode classificar como "síndrome de corno solitário": eu sou, mas outros antes de mim, também".
Porque uma coisa é tê-lo como apoiante, algo com pouca ligação ao apoiado. Ou mesmo fazer parte de uma lista. Outra, dá-lo como possuidor das soluções para os problemas do País.
O assunto só terá relevância, caso se saibam de prejuízos provocados pela personagem. Algo que até agora, só se podem queixar os incautos que consideram o Expresso a sua Bíblia e Nicolau Santos o seu Profeta
Deixemos portanto o pobre Artur em paz, permitindo que ele seja o que bem entender. O que, imagino, deve ser um direito constitucional

 
País de doutores.
Qualquer "doutor" bota figura neste país. É tão grande a apetência por ser doutor e tão grande a vénia aos ditos, que eles até se passeiam e ninguém desconfia. Mas que país este!
Pois é o único partido
Ao qual ele merece estar e que condiz bem com as competências dele.
SE FOSSE SÓ ESTE!
Há muitos como este infiltrados nos partidos!
Os portugueses têm de passar a votar em pessoas e não em partidos!
É a única solução para acabar com corruptos, trafulhas, ladrões, etc!
Outro Doc. tipo Relvas! Quantos mais não existirão
E o Miguel Relvas é melhor que este vigarista? Não, não é, antes pelo contrário, ele fez e continua a fazer as vigarices, com cobertura por parte do 1º ministro, que é outro tal qual....
Tudo igual... Em Portugal...
Calma aí
x52003
Horaca com voz de vaca...
Aconteceu-me o mesmo que ao x52003.
O que é isso?
Por vezes temos que empregar a linguagem adequada.
brilhantina antiga
Esquerdalha
E o que é o PS?
Tem tudo a haver!!! O que é o PS, senão a MAIOR FRAUDE da democracia portuguesa?!?!?
Aldrabões e outras coisitas...
Imagino se eles não se viessem !!
Cavaco tambem é xuxa
Ó EX7643938572983228
Saddam?!
Ó EX7643938572983228
Saddam?!
Cavaco é xuxa..
Quase de acordo
Tá tudo grosso e é consolo!
Nesta democracia da treta cabem todos. Todos são "engenhocas e stoures". Todos são "gandas" democratas. É um consolo. Tá tudo grosso.
Um Burlão melhor que outros
Faz furor este burlão, mas na realidade é um num bidon deles. o BPN é lìder nos burlões nacionais. São tudo gente de "elite", até há um grupo envolvido, que mora na "quinta da coelha"! Neste grupo até há um coelho que saiu da cartola e trazia relva entre pernas!

Este burlão da "ONU", tem pelo menos uma qualidade: não pertence ao governo nem está ligado ao BPN, o que o torna uma raridade!

Anda meio mundo preplexo com este Sr. Burlão, quando todos os dias surgem pela nossa casa adentro os burlões do costume com o lema do custe o que custar uns e os "avisos" outro! Em relação aos primeiros, os do custe o que custar, já os vomitamos. São puros dejectos desumanos! Em relação ao segundo, o dos "avisos" que nada significam e preenchem o vazio de acções que o cargo que ocupa obrigaria. Sim tal cargo, o presidencial, obriga acções mais incisivas e contudentes!

Estes burlões, estes vigaristas é que deveriam ser alvos exsangues conseguidos! Não fazem falta nenhuma e fedam!
Iconoclastas safados
"O homem que se dizia", escrevem os mal-agradecidos. No princípio - não, não era o Verbo, era Eu - deleitavam-se com o que eu dizia. Quem queria saber se Eu era mesmo quem dizia ser? Era tão importante aquilo que Eu dizia (e digo), que Nicolau Santos entendeu o facto do governo não me ouvir, razão para a demissão.
Até se chegou à hipótese de se colocar na Constituição: não a obrigação, mas o direito adquirido de me ouvirem.
E tal o entusiasmo que todos falavam com todos: o Nicolau com o PS; o PS com o Ricardo (o irmão do Costa); O Costa (o irmão do Ricardo) com o PS - que não é do Seguro - que por sua vez ligavam para Paris, que por sua vez ligava para todo o lado; a RTP - serviço público com garantia de qualidade - convidou-me para isso mesmo: serviço público; da TSF foram-me apanhar, antes que os outros o fizessem primeiro. O Carvalho da Silva e um senhor velhinho chamado Soares, não me largavam. Todos declararam: não estamos sós
Em 40 anos o Expresso nunca apareceu com recheio de tal interesse: as minhas declarações.
E agora, os safados tratam-me assim: o que se dizia ser
Deviam era agradecer-me e de joelhos. Fui o único que credibilizei teorias que outros consideravam coisa de malucos.
O que são vocês sem o Artur (que sou eu)?

Zero
Necedades
Comentários 61 Comentar

Últimas

Ver mais
Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub