Anterior
Prisão para os políticos vigaristas, já!
Seguinte
Os animais não são objetos (vídeo chocante)
Página Inicial   >  Blogues  >  100 reféns  >   Banco de suplentes da seleção nacional vai ter duas cabeleireiras

Banco de suplentes da seleção nacional vai ter duas cabeleireiras

|

Não sei se é verdade mas deviam considerar a hipótese, porque a avaliar pelo grupo de jogadores é mais provável virem a precisar de umas madeixas, uma desfrizagem ou um brushing durante os jogos do Euro do que serem assistidos pela equipa médica. Até porque para isso é preciso efectivamente jogar à bola, coisa que ainda não vi ninguém fazer. A Lóreal devia patrocinar esta rapaziada, a cerveja não faz jus aos pergaminhos estéticos deste grupo de excêntricos. Acho também que não seria descabido uma manicure e um joalheiro. Pode alguém perder um brinco, e com isso a cabeça, e haver necessidade de uma troca rápida de brilhantes a meio da partida. E não queremos que falte nada aos nosso "ricos" meninos, pois não? Claro que não.

Em boa verdade o que deveria assemelhar-se a uma equipa de futebol parece uma "ida para a night" da malta dos Morangos com Açúcar. A chegada dos meninos a Óbidos foi ilustrativa. O parque de estacionamento da unidade hoteleira parecia uma versão saloia da porta principal do Casino de Monte Carlo. Havia necessidade de tanto aparato? Claro que havia. A pobreza de espírito é diretamente proporcional à riqueza material e ostentação. Tresanda a azeite esta nossa seleção. E não é Gallo. Galo é ter de andar a gramar com isto durante um mês.

As televisões vão atrás do "fenómeno" e o acompanhamento que dão à coisa roça o patético. A histeria é de tal ordem que ontem três canais televisivos filmaram em simultâneo a partida do avião das "estrelinhas" em direção à Polónia. Na TVI o pivot do jornal das 8 transformou-se por momentos em controlador aéreo a olhar para um gráfico onde o aviãozinho - o Vieira da Silva - sobrevoava o mapa da Europa. "Estão quase a aterrar" - anunciou entusiasmado, como se estivesse a ver o mar pela primeira vez. A aterragem foi acompanhada em direto. Só faltou mesmo aos jornalistas irem com os jogadores à casa de banho do aeroporto. As necessidades dos jogadores da seleção são dignas de toda a atenção e sem sombra de duvida "das melhores da europa". Nisto acredito, porque a fazer m.... somos particularmente felizes. Veja-se:

"Neste Europeu organizado a meias pela Polónia e pela Ucrânia, Espanha será a selecção mais poupada. "Nuestros hermanos" ficarão no Hotel Mistral de Gniewino, a poucos quilómetros de Gdansk - sede nos primeiros três jogos- e desembolsará 4700 euros por noite, num total de 40 quartos(....) Do lado oposto, os mais esbanjadores serão Portugal, pagando 33174 euros por noite, ou seja, sete vezes mais que pagará Espanha, no hotel de Opalenic." JN

O que uma seleção campeã da Europa e do Mundo gasta em 7 dias a nós não nos chega para um. Este novo-riquismo e falta de sentido de oportunidade da FPF (que já nos habituou a este tipo de comportamento novo-rico) é por demais evidente. É deplorável um país em dificuldades ter de assistir a isto. "Carlos Godinho, o director-desportivo da FPF (...) revelou que os custos do estágio em Opalenica serão idênticos aos verificados em Magaliesburgo, na África do Sul, que acolheu a selecção lusa durante o Mundial 2010, prova em que Portugal gastou 7,4 milhões de euros, de acordo com o relatório e contas da FPF. Mais palavras para quê? É surreal.

É caso para dizer: que venham de lá todos com as pontas espigadas.

 

Acompanhe o 100 Reféns no Facebook

Na página oficial do 100 Reféns no Facebook juntam-se pessoas que gostam e que não gostam, que odeiam e que adoram, que veneram e que detestam, mas que não são indiferentes a este blogue do Expresso. Dê um passo e junte-se a nós.

Clique no link para aceder à página do 100 Reféns no Facebook .



Opinião


Multimédia

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Costeletas de borrego com migas de castanhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.


Comentários 23 Comentar
ordenar por:
mais votados
EXCEPCIONAL e excecional!?
Este comentário merece o maior destaque...
Nunca li um artigo tão bem elaborado, que retrata na perfeição tudo o que é a "nossa" seleção de futebol...
Na realidade, é triste termos um país onde faltam ainda milhares de recintos DECENTES onde milhões de crianças e jovens possam praticar desporto (não é só futebol), e se gaste num dia aquilo que dava para construir muitos locais desses.
Por favor, tenham vergonha senhores dirigentes desportivos deste país!!!???
Re: EXCEPCIONAL e excecional!?
Re: EXCEPCIONAL e excecional!?
gostei..........
EU NÃO DIRIA MELHOR TIAGO!
Depois do seu comentário pouco ficou por dizer!
Efectivamente revejo-me no mesmo, e não acredito minimamente naquelas 11 " coisas", que não passam de umas manuelas, mas que gastam o que é de todos! Chegam a ser ridiculos! País que anda a esmolar por esse mundo fora, vai agora armar-se em rico! É triste!
Re: EU NÃO DIRIA MELHOR TIAGO!
Cometário acutilante
E absolutamente brilhante! O ridículo a que se chegou mostra bem o "embrutecimento" da nossa população. Já dei comigo a desejar que sejamos eliminados logo na primeira fase do campeonato, para não ter de "chupar" com a selecção 24 horas por dia, 7 dias por semana, em notícias de abertura, meio e fecho de todos os jornais. Só falta, efectivamente, como diz o Tiago, entrar pela casa de banho dentro, examinar os cocós, e ver se tudo está bem com a tripa dos nossos "heróis"!
Ridículo o que se gasta, ridícula a cobertura que se dá à selecção, ridículo o nível a que chegou o "nacional carneirismo", tudo ridículo...
Re: Cometário acutilante
Optimo artigo
Muito bem elaborado, não o poria melhor. Concordo que deveria ter maior exposição, as vezes parece que as pessoas não querem ver a realidade. A equipa que vai aos jogos olímpicos gasta 500 mil euros ou algo parecido, a selecção de futebol, que na minha opinião não representa minimamente os ideais dos portugueses, gasta milhões. Férias pagas é o que é... porque jogar futebol é coisa que estes "meninos" não fazem. Se a motivação destes "meninos" fosse o orgulho nacional e não o dinheiro, certamente as coisas seriam diferentes.
Re: Optimo artigo
Brilhante seu texto põe a nu o circo da selecção
Brilhante o seu texto , acertou na mouche como se costuma dizer , ao fazer o retrato do circo dito ontem pelo Manuel José.
porque...
...não desligam a tv ou mudam de canal? Para ver programas deprimentes basta abrir a janela de casa todos os dias..

barbarraridades.blogspot.pt/
Re: porque...
FFF
no comments
Re: Banco de suplentes da seleção nacional vai ter
Brilhante, caro Mesquita!

Eu já estou como o outro: sou patriota, tenho os impostos em dia!

Quanto a estas figuras de opereta que 'representam' o país, pouco me dizem, pouco lhes ligo, pouco me importa os resultados que a seleção venha a conseguir.

Na redoma de joalharia em que vivem, creio que pouca sensibilidade têm para as dificuldades do povo que representam, e por isso só podem merecer a minha indiferença...

futebol
Futebol e' a câmara ardente da imbecilidade dum povo que histericamente não vê outra coisa num Pais de desemprego e fome.
"NÃO ME FÁZ IMPRESSÃO"
Penso que ainda não anda o dinheiro dos impostos a sustentar estes tipos do mindo redondo.
Dão-lhes dinheiro andam atrás deles até na casa de banho, (se não vão é porque eles não querem senão íam também.)
Mas fáz-me mais impressão os que gamam mesmo o nosso dinheiro e nem sequer jogam a nada limitando-se apenas e só a arranjar meios e conversa para gamar.
Esses é que me dão cabo da tola.
Estes meninos saloios (quase todos) são alimentados por milhares de outros saloios (quase todos) que domingo a domingo e jogo após jogo vão lá levar a dízima.
Bem observado
Algo me diz que a cobertura parola dos media em relação ao onze de manequins tonhós devia ter uma tese a analisá-la, e deveria o trabalho ser mostrado aos alunos de jornalismo para que compreendam como NÃO devem fazer a cobertura disto. A bajulação, os ares de amizade porreirista que um certo suposto repórter faz para com os jogadores, até metem raiva.
factosdetreino.wordpress.com
Incrivel as semelhanças de alguns dos temas com os do blog em título.

Sendo que, os do factosdetreino, são publicados primeiro e em minha opinião têm muito mais piada!

Nota importante: não conheço (mesmo) o autor do factosdetreino.
Muito bom.
Muitos parabéns pelo texto.
Re: Banco de suplentes da seleção nacional vai ter
Não entendo, juro. Queriam a seleção no Íbis durante o Euro? 145 euros quarto/dia, com todo o usufruto de campos, spas, salas de refeição e reunião e tratamentos (sem falar na ocupação da cozinha) é muito menos do que muito boa gente gasta em férias de verão compradas a crédito em agências manhosas e pagas muito mais tarde em concentrados da Cofidis ou de outra prima qualquer da Cofidis. Chega de demagogia!
E pior, a chatice para tantos portugueses que escrevem por escrever é que isso dos 33 mil euros é mentira. Mais: não é dinheiro público o que está a ser gasto. O JN deu a notícia estapafurdia, copiando-a do As, que copiou de um jornal polaco. O que mais me assusta é a forma acéfala como hoje se segue uma.notícia, ainda que absurda.
O próprio JN fez recentemente notícia de que afinal a despesa era de 8 mil euros diários, mas mais pequena e sem os considerandos da primeira.
Quando.era miúdo os meus pais ensinaram-me algo que nunca esqueci: é muito fácil sujar o nome de alguém, mas dificilimo limpá-lo a seguir...
"A MALTA NUNCA VAI GANHAR NADA"
Esta triste mentalidade dos jogadores portugueses na seleoção tira toda a vontade de ganhar.Somos um país mentalmente no 3º mundo e como tal é muito fácil empurrarem-nos(a troika e os nossos governantes+ os Borges desta vida),físicamente para lá.Nunca saímos do 3º mundo esta é a realidade...Por isso gostamos de hotéis de luxo quando o país está teso e carros de topo de gama...Enfim aquela mentalidade de governante africano....
Comentários 23 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub