Siga-nos

Perfil

Expresso

Fábio Monteiro

Fábio Monteiro

Jornalista

Estagiou no Público e trabalhou no jornal online Observador nas secções de sociedade e internacional. Foi editor na Proteste e colabora com o Jornal do Fundão. Em 2015, ganhou o Prémio Gazeta Revelação pela série de reportagens "Pendurados num sonho".

  • Genealogia do moral futebolístico - à sexta jornada

    Futebol nacional

    Fábio Monteiro

    O moral de uma equipa, no futebol, nasce das vitórias consecutivas, golos conseguidos e passes certeiros. É esta a sua origem genealógica, podemos arriscar dizer. Moral é coisa que dois dos três grandes não sedimentaram esta semana nos jogos para a Liga dos Campeões. Só o Sporting vingou. No sábado, o Benfica vai encontrar um Boavista 'utópico' (18h15,SportTV1) e os leões recebem o Tondela (20h30, SportTV1), com o espírito em alta. Já no domingo, o Rio Ave (18h, SportTV1) acolhe um FC Porto sequioso por regressar às vitórias

  • Os troféus medem-se aos pares de cuecas. Como o Hoffenheim é uma péssima notícia para o Braga

    Liga Europa

    Fábio Monteiro

    O Sp. Braga tem razões para estar preocupado e queixar-se de falta de sorte na Liga Europa. O Hoffenheim, o clube alemão que os bracarenses vão enfrentar esta quinta-feira (18h, SportTV1), derrotou no último fim-de-semana o Bayern de Munique e, neste momento, partilha o primeiro lugar da Bundesliga com o Dortmund e o Hannover. Afastado da Liga dos Campeões nos ‘play-offs’ pelo Liverpool, o Hoffenheim vai a jogo com estatuto de cabeça de lista. Julian Nagelsmann, com apenas 30 anos, lidera a equipa que promete ser o novo colosso surpresa do campeonato alemão - e faz contas aos pares de roupa interior que tem, por comparação com os prémios de Ancelloti

  • Felicidades, Ricardo Melo Gouveia: “Vou casar este fim de semana e depois vou jogar sete torneios seguidos”

    Modalidades

    Fábio Monteiro

    Dar a cara pelo Portugal Masters, recentrar a cabeça, treinar e… casar. Eis os motivos que justificam a última passagem de Ricardo Melo Gouveia, o número 1 português no ranking mundial do golfe, por Vilamoura esta semana. Depois de uma série de torneios com resultados aquém das expectativas e uma lesão, a pressão impôs-se. Com o lugar no ciclo profissional em risco, o golfista português voltou às origens (por quinze dias) e está focado na importância do treino mental. Está prestes a fazer sete torneios seguidos, sete semanas ao mais alto nível de competição. E a lua de mel? “Só no final do ano”

  • Mbappé, o PSG e o “fair-play financeiro” entram num bar

    Mercado

    Fábio Monteiro

    O PSG já rebentou todos os recordes do mercado de transferências este verão: só com a contratação de Neymar. Mas, ao que tudo indica, o milionário do Qatar, dono do clube francês desde 2011, não deve ficar por aí e aumentar ainda mais a fasquia. Kylian Mbappé, 18 anos, deverá ser ‘roubado’ a Leonardo Jardim e ao Mónaco por… 180 milhões de euros

  • Não contratar um jogador há dois anos? “O horror, o horror!” Ou talvez não (eis o clube que é a antítese do mercado atual)

    Mercado

    Fábio Monteiro

    Quando não há 'sultões', oligarcas ou bilionários a investir num clube de futebol, é preciso jogar com o que se tem. Sem contratar um jogador há 24 meses, o Atlético de Bilbau parece estar a conseguir fazer o impossível: continuar a ganhar e a competir (dentro do possível) com os grandes espanhóis. E está na fase de grupos da Liga Europa

  • Tem carinha de miúdo, mas Svilar defende como homem grande

    Benfica

    Fábio Monteiro

    Após semanas de negociações, o prodígio do Anderlecht já chegou a Lisboa, para fazer companhia a Júlio César e Bruno Varela na defesa da baliza do Benfica. Segundo alguns comentadores, Svilar é um dos três jovens guarda-redes mais promissores ao nível europeu. Tem 17 anos e, depois de domingo, quando fizer 18, irá assinar um contrato que o deve vincular à Luz por cinco épocas

  • Algo está mal no reino da Catalunha

    Futebol internacional

    Fábio Monteiro

    A saída atribulada de Neymar, o motim do “Instagram”, a possibilidade de Messi ir para o Manchester City - o Barcelona vive um período de balbúrdia interna e quanto mais Josep Maria Bartomeu, presidente do clube, a tenta controlar, maior ela se torna. Tudo lhe foge das mãos. Para se jogar ao “tika-taka”, para ganhar como o Barcelona gosta de ganhar, é preciso harmonia dentro da equipa. A questão é: quem é que vai dar ordem à casa?