Siga-nos

Perfil

Expresso

Gustavo Costa

Correspondente em Luanda

  • Angola 77

    Internacional

    Após o golpe de Nito Alves, o casal Sita Valles e José Van-Dunem foi preso e barbaramente assassinado pelo regime, tal como dezenas de milhares de angolanos. O filho seria educado em Lisboa pela tia Francisca, atual ministra da Justiça de Portugal. Quarenta anos depois, Che Van-Dunem e outros angolanos falam pela primeira vez da matança que ainda hoje divide o país

  • 27 de maio: órfãos de pais e da terra

    Internacional

    Da série de testemunhos de sobreviventes e familiares de vítimas do 27 de maio, como ficou conhecido o movimento que há 40 anos marcou o início de dezenas de milhares de execuções, publicamos o segundo conjunto de depoimentos, de Che, filho de José Van-Dunem e Sita Valles, e de Nelson Vieira Lopes, filho de Elisiário Vieira Lopes. O assunto é o tema de capa da revista E, que chegou no sábado às bancas

  • 27 de maio: órfãos de pais e da terra

    Diário

    Da série de testemunhos de sobreviventes e familiares de vítimas do 27 de maio, como ficou conhecido o movimento que há 40 anos marcou o início de dezenas de milhares de execuções, publicamos nesta edição o segundo conjunto de depoimentos, de Che, filho de José Van-Dunem e Sita Valles, e de Nelson Vieira Lopes, filho de Elisiário Vieira Lopes. O assunto é o tema de capa da revista E que chega este sábado às bancas

  • 27 de maio: o luto que ficou por fazer

    Internacional

    O Expresso inicia hoje a publicação de uma série de testemunhos de sobreviventes e familiares de vítimas do 27 de maio de 1977, aquilo que o regime angolano de então considerou uma tentativa de golpe de Estado e reprimiu violentamente, executando 30 mil pessoas sem julgamento. É o tema de capa da revista E deste sábado. Nesta edição, publicamos os testemunhos da (ex)mulher, do filho e da irmã do então chefe de gabinete do primeiro-ministro Lopo do Nascimento, Rui Coelho, que foi fuzilado a dois de julho de 1977

  • 27 de maio: o luto que ficou por fazer

    Diário

    O Expresso inicia hoje a publicação de uma série de testemunhos de sobreviventes e familiares de vítimas do 27 de maio de 1977, aquilo que o regime angolano de então considerou uma tentativa de golpe de Estado e reprimiu violentamente, executando 30 mil pessoas sem julgamento. É o tema de capa da revista E deste sábado. Nesta edição, publicamos os testemunhos da (ex)mulher, do filho e da irmã do então chefe de gabinete do primeiro-ministro Lopo do Nascimento, Rui Coelho, que foi fuzilado a dois de julho de 1977

  • O novo êxodo

    Internacional

    Gustavo Costa

    Angola mudou e o sonho de muitos portugueses está a chegar ao fim. A crise vê-se nas pequenas coisas. Empresas fechadas, restaurantes vazios, professores sem salário. Até as ruas têm menos trânsito. É a hora do adeus

  • Petrolíferas impacientes com Angola

    Economia

    Gustavo Costa

    A situação crítica que atravessa a indústria petrolífera angolana está também a afetar as empresas de prestação de serviço. Multinacionais do sector como a Schullemberger e a Halliburton já admitem despedimentos