Siga-nos

Perfil

Expresso

Alexandra Simões de Abreu

Alexandra Simões de Abreu

Jornalista

Licenciada em Ciências da Comunicação, iniciou o percurso profissional na "Gazeta dos Desportos", em 1995. Um ano depois entra para o Expresso. Esteve dez anos na secção do Desporto, foi editora da Sociedade e há sete anos que escreve sobretudo na Revista.

  • 25 anos* a mudar (com) o país

    Diário

    Alexandra Simões de Abreu e Adriano Nobre

    A SIC celebrou ontem o 25º aniversário. A pretexto da efeméride reproduzimos o artigo publicado na revista do Expresso de 5 de outubro de 2012 sobre a história dos (então) 20 anos da televisão privada em Portugal, de que a estação de Carnaxide foi o primeiro protagonista. Alterámos apenas o título, substituíndo “20 anos”, por “25 anos”, porque explicávamos como a SIC (primeiro) e a TVI (depois) alteraram a vida dos portugueses - e a tv privada continua ainda hoje, 25 anos depois, a alterá-la

  • Elas respondem em campo

    Futebol feminino

    Alexandra Simões de Abreu

    Foram precisos mais de 30 anos para o futebol feminino português chegar pela primeira vez a um Europeu, mas elas estão cada vez melhores - e conseguiram-no. Quarta-feira é o dia D, 'D' do grupo de Portugal, que faz a sua estreia, em Doetinchem, frente à Espanha (17h, RTP1)

  • Angola 77

    Internacional

    Após o golpe de Nito Alves, o casal Sita Valles e José Van-Dunem foi preso e barbaramente assassinado pelo regime, tal como dezenas de milhares de angolanos. O filho seria educado em Lisboa pela tia Francisca, atual ministra da Justiça de Portugal. Quarenta anos depois, Che Van-Dunem e outros angolanos falam pela primeira vez da matança que ainda hoje divide o país

  • 27 de maio: órfãos de pais e da terra

    Internacional

    Da série de testemunhos de sobreviventes e familiares de vítimas do 27 de maio, como ficou conhecido o movimento que há 40 anos marcou o início de dezenas de milhares de execuções, publicamos o segundo conjunto de depoimentos, de Che, filho de José Van-Dunem e Sita Valles, e de Nelson Vieira Lopes, filho de Elisiário Vieira Lopes. O assunto é o tema de capa da revista E, que chegou no sábado às bancas

  • 27 de maio: órfãos de pais e da terra

    Diário

    Da série de testemunhos de sobreviventes e familiares de vítimas do 27 de maio, como ficou conhecido o movimento que há 40 anos marcou o início de dezenas de milhares de execuções, publicamos nesta edição o segundo conjunto de depoimentos, de Che, filho de José Van-Dunem e Sita Valles, e de Nelson Vieira Lopes, filho de Elisiário Vieira Lopes. O assunto é o tema de capa da revista E que chega este sábado às bancas