17 de abril de 2014 às 22:24
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Autor do massacre nos EUA em transe no tribunal
com vídeo

Autor do massacre nos EUA em transe no tribunal

As autoridades não confirmaram que James Holmes esteja sob o efeito de qualquer medicação. Prevê-se que o Ministério Público venha a requerer a pena capital quando a acusação for deliberada.
Ricardo Lourenço, correspondente nos EUA (www.expresso.pt)
James Holmes, hoje, no tribunal RJ Sangosti-Pool/Getty Images James Holmes, hoje, no tribunal

James Holmes apresentou-se hoje em tribunal, às 9h30 locais (16h30 em Portugal Continental). Ostentando uma cabeleira avermelhada, o atirador de Aurora esteve sempre calado, passando todo o tempo a abrir e a fechar os olhos, enquanto movia a cabeça para a frente e para trás.

As autoridades não confirmaram que James Holmes esteja sob o efeito de qualquer medicação.

Prevê-se que o Ministério Público venha a requerer a pena capital quando a acusação for deliberada.

A audiência de hoje foi apenas o primeiro passo de um processo que se prevê longo, visto que a defesa irá reclamar insanidade do suspeito, que poderá ser transferido para um hospital psiquiátrico.

James Holmes encontra-se numa cela isolada, sob vigilância apertada e protegido dos outros presos, estando sempre com um colete à prova de bala.

Ficção e realidade misturadas


Num vídeo obtido em exclusivo pela televisão americana ABC, gravado há seis anos, o autor do massacre de Aurora é descrito como um rapaz com um futuro brilhante, ansioso por conquistar uma carreira de sucesso como investigador.

James Holmes explica a uma audiência de professores e estudantes do colégio Miramar, em San Diego, como o cérebro processa a diferença entre realidade e ficção, durante a apresentação de um trabalho.

Durante o encontro, Holmes tem dificuldade em falar em público mas revela enorme fluidez na explicação da sua tese, dedicada ao tema: "Ilusões temporais e a barreira entre a fantasia e a realidade.

"As ilusões temporais permitem mudar o passado", dizia o jovem, na altura com apenas 18 anos.

Pena de morte no horizonte


Na madrugada de sexta-feira, James Holmes entrou numa sala de cinema de Aurora, subúrbio de Denver, estado do Colorado, durante a estreia de "Batman: O Cavaleiro das Trevas Renasce", o novo capítulo da saga do herói de banda desenhada.

Fazendo-se passar pelo Joker, o inimigo número de Batman, disparou contra a multidão, provocando 12 mortos e 58 feridos - 17 persistem hospitalizados, oito deles em estado grave.

Na altura, algumas pessoas ficam na dúvida se não se trata de um ato encenado pelos promotores da estreia. Outros nem sequer se apercebem, até porque na altura a película passava uma cena de tiroteio.

Realidade e ficção deixaram de se confundir aos primeiros gritos de socorro.



Watch More News Videos at ABC
2012 Presidential Election
Entertainment & Celebrity News

Comentários 23 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Este caso...
..ilustra e confirma a teoria do desenvolvimento cognitivo de Piaget e os distúrbios que ocorrem no longo processo de aprendizagem.

Segundo Piaget,o conhecimento humano desenvolve-se em camadas sobrepostas à imagem de uma cebola:a fase posterior sobrepõe-se à anterior e não elimina esta.Assim convivem no cérebro conhecimentos antigos adquiridos em fases infantis e conhecimentos mais recentes nas fases adolescentes e adultas,tudo suportado por estruturas cerebrais sucessivamente mais complexas.

No entanto a manifestação dos comportamentos adultos nem sempre está associada á respectiva fase de evolução cognitiva.Por vezes ocorrem distúrbios e um adulto exibe comportamentos infantis:toma a ficção pela realidade.Não ultrapassou completamente a fase de substituir o princípio do prazer pelo princípio da realidade,confundindo o desejo pela própria realidade,típico das crianças.

Tudo leva a crer,salvo melhor opinião,que se está perante um caso de uma personalidade mal estruturada,quiçá perturbada por fatores desastabilizadores de uma vida harmoniosa.
 
 
Re: Este caso... Ver comentário
Re: Este caso... Ver comentário
ESSE É O PONTO
Não foi o militarismo que matou nem a cultura das armas que massacrou no Colorado. Foram indivíduos, plenamente responsáveis pelo que fizeram.

Esse é o ponto.

Os dias são propícios a uma cultura que expropria os indivíduos de suas responsabilidades.

A era da afirmação de identidades, de culturais locais, de grupo, idiossincráticas às vezes, convive com o desejo de soluções globais e definitivas, q transformariam o cidadão num resultado exacto de algumas operações quase matemáticas.

Na vertente benigna, trata-se de uma tolice; na maligna, voltamos às tentações totalitárias de sempre.

Não há sociedade perfeita o bastante q possa impedir o surgimento do atirador do Colorado ou da Noruega — país apontado como dos sonhos por muita gente.

Livres dos empecilhos da ética e das escolhas pessoais, um medicamento daria conta do recado, e estaríamos todos livres de dilemas.

Todas as distopias q tratam de um mundo totalitário passam, por óbvio, pelo fim das vontades e das escolhas.

Totalitários de direita e de esquerda — estes com mais dedicação à causa — estão certos de que o mal do mundo está na pluralidade de vontades.
Massacre
Com franqueza ainda não consegui perceber se os americanos são todos loucos ou se pura e simplesmente não sentem qualquer emoção. Para eles, quantos mais conseguirem matar, melhor
Re: A TAP pode resolver essa tua duvida Ver comentário
Olha quem fala! Ver comentário
Re: A TAP pode resolver essa tua duvida Ver comentário
Re: Massacre Ver comentário
Re: Bem visto ... Ver comentário
Re: É de facto sugestiva ... Ver comentário
Re: Massacre/ Tem razão. Ver comentário
Re: Massacre/ Tem razão. Ver comentário
Re: Massacre/ Para " Sem_razão ": Ver comentário
Re: Massacre/ Para Ver comentário
Re: Massacre/ Tem razão. Ver comentário
A CULPA É DO SOCRATES.
Senhor doutor jornalista, boa noite
A mim, só mesmo o "á" ou "à" quando se fala de haver é que me faz mais caspa do que o "estar sobre o efeito de medicamentos".
"Sobre"? Acima do efeito dos medicamentos, portanto?
Por favor. Ponha-se "sob vigilância apertada".
Já basta o AO.
Saúde
Re: Senhor doutor jornalista, boa noite Ver comentário
Ó diabo, bem visto Ver comentário
"massacre" encenado para liquidar o partido nacion
"massacre" encenado para liquidar o partido nacionalista, segundo mais votado nas ultimas eleições, assim como justificar a repressão das ideias dew indepedência nacional nos "países" da UE.
Encenado de acordo com o que a religião dos illuminati requer nesta fase do jogo (minutos finais).

Massacre na NORUEGA: não houve "vítimas". Tudo encenado. Todo os "sobreviventes" parte do teatro - remake do "tiroteio" do Arizona

Até agora, o número de vítimas reais ou virtuais de cada massacre produzido pelos illuminati para fazer avançar a agenda "cidadãos desarmados" era pequeno, de Virginia Tech até ao "tiroteio" do Arizona.
Mas agora, com a agenda concluída na Europa e a população completamente reduzida a bestas, o logro total, conforme exigido pela religião dos illuminati, torna-se mais importante do que ter a agenda "proibição de porte de armas = segurança" exposta por "um só atirador mata 85 pessoas desarmadas".

NORWAY massacre HOAX: EVERYBODY can prove that 74 out of 77 "victims" never existed
->Illuminati photoshop 74 pictures, where the "victims" from small towns are conveniently specified only a few months after the theater was staged and in foreign media ...
www.telegraph.co.uk/news/picturegalleries/worldnews/8662030/Norway-shooting-victims -the-77-dead-in-pictures.html
... but as always, the bigger the LIE the easier it is to expose.
->www.cluesforum.info/viewtopic.php?f=27&t=1222&p=2369881#p2369881
Sou a favor do armamento do cidadão,
já que os bandidos andam armados.
Uma coisa, porém, devia ser feita, a análise psíquica ao indivíduo e mais, treinamento para o uso e porte de arma.
Nos USA até o Rato Mickey compra, registra uma arma e leva para casa!
A posse de uma arma implica em responsabilidade.
Se as cartas de condução obedecem a exames periódicos, porque não as autorizações para o uso e porte de armas de fogo?

Re: Sou a favor do armamento do cidadão, Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub