15 de abril de 2014 às 21:37
Página Inicial  ⁄  Opinião e Blogues  ⁄  O Expresso na SIC Notícias  ⁄  Austeridade dá nova 'machadada' no consumo

Austeridade dá nova 'machadada' no consumo

O impacto das novas medidas de austeridade no consumo, o aumento do preço dos combustíveis e a exportação de carros da AutoEuropa para a China são o temas abordados por João Palma-Ferreira, jornalista do Expresso, na SIC.
Comentários 17 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Austeridade dá nova 'machadada' no consumo
Logo os patrões vão aumentar a produção! aahahahahh
Os patrões vão ter é de despedir mais gente só o Coelho é que não consegue ver!
Consegue pois... Ver comentário
!
De machadada em machadada até à machadada final. Neste regime, claro. Isto não vai lá com a arma do povo (voto). Só com umas boas machadadas!
Re: ! Ver comentário
Que hipócritas estes comentadores
Estava tubo bem, as medidas eram correctas... até que também lhes mexeram nos bolsos.
Re: Que hipócritas estes comentadores Ver comentário
Isso não é um comentário...

Isso não é um comentário... São queixas... Queixinhas...

Não consigo entender o porquê... Qual o razão de o Expresso pagar a jornalistas para virem aqui se queixar... Debitarem inutilidades...

Por favor... Ide vos queixar a el-Rei ou ao Cardeal, como diria Gil Vicente, se fosse vivo...
A hora é de acção. Chega.....................
A tragedia que nos assola com o aumento das desigualdades e pobreza, limitamo-nos a comentar noticias orientadas que só servem para manter uma situação preversa que a nada conduzem. Seria mais importante o debate de alternativas a esta situação e não insistir no ridículo de manter este sistema de ditadura de mercado defendida por politicos ao serviço de interesses que não são os dos cidadãos, mas com interesses transnacionais, para além dos deles próprios, que dominam a actividade económica e os meios de comunicação social. São predadores implacáveis, sendo as presas os cidadãos incautos. Subtraiem ao povo para adicionar à Banca, perante a passividade dos inocentes, O mais preocupante não é a acção dos maus, mas o silêncio dos bons. Assiste-se ao desmantelar e desintegrar da identidade nacional e da prória civilização, ao definhar da Cultura com o advento deste sistema únicamente por razões ideológias ultra liberais. Está a ser corroida de forma larvar os fundamentos da Democracia,transformada em inimiga do povo e não um poder dele emanado. O Parlamento não é mais do que uma central de negócios. Portanto é urgente resistirmos ao pensamento único que nos querem impôr. Mas a primeira condição para alterar a realidade consiste em conhê-la bem como as alternativas. É difícil, mas possivel com uma crescente consciencialização das populações,dado o assalto feito à comunicação social. Instalou-se uma estranha Democracia onde o Socialismo democratico ainda é a única alternativa.

...vai disparar
....qual machada?
...vai é disparar o consumo aos fins de semana no bairro alto, as chamadas dos telemóveis, a maltosa nos estádios de futebol e os enrascados nos concertos de rock!
...a medida é boa
...a medida é boa...mas fiquei com uma duvida sobre se é 18% ou 81% na TSU...
...se é 18% não me aquece nem arrefece...mas se for 81% já me resolve a vida!
Os Portugueses não se devem.....
.... preocupar com as machadadas no consumo.

Sim, quem está a ser "golpeado" pelas costas e de modo traiçoeiro por um Governo de fascistas que se diz social-democrata não pode estar preocupado com outras machadas.

É preciso "curar as feridas" e reagir à ofensiva do Governo mais reacionário desde Salazar.

Até mareclo Caetano não teria coragem de ir tão longe..........
Re: Os Portugueses não se devem..... Ver comentário
Portugal Perdido
Parabens ao grande comentario do Sr. Joao Palma-Ferreira. Muitos no governo nao vao gostar de ouvir verdades. Sao como os burros de olhos tapados.

Mais imposto = menos dinheiro para gastar = menos consumo = menos receita fiscal = mais empresas a fechar cuja venda depende do consumidor portugues e nao exporta (como servicos). Nao e necessario curso para perceber ou talvez sim ja que nem todos no governo completaram o curso...

Este governo de marionetas esta perdido... E necessario investimentos para gerar emprego para inverter a situacao.

Re: Portugal Perdido Ver comentário
Re: Portugal Perdido Ver comentário
O Sguro é mais do mesmo... estamos bem tramados...
Mas será possivel que só estas bestas não percebam o que estão a fazer ao pais? E quando o pais estiver na ruina vamos todos votar no Seguro que nem se consegue decidir em que sentido vai votar em relação ao orçamento que será aprovado seja qual for a decisão dele?....
será???
Tenho seguido a venda de obrigações com juros a 6%, e todas as empresas, duplicaram a oferta inicial;
na zona onde moro, desde fins de julho que os continentes,pingos doces,lidls,etc.,estão sempre cheios,com filas nas caixas e nos estacionamentos (e não são os populares cá residentes); os restaurantes à noite estão sempre cheios, com especial afluencia às sextas e sábados;
a malta dos shoppings, os domingueiros, etc., mantêm as suas rotinas diarias de ir comer ao shopping e passar o fim de semana nessas superficies comerciais;
este domingo, a fila na ponte 25 de abril começava na 2.ª ponte do feijó às 17h?!?!?!; será normal???
as filas no final da a8 e na calçada de carriche, bem como no ic17 e na 2.ª circular são enormes e diárias, nos fluxos da manhã e fim da tarde;
os bairros altos, santos, alcantaras, etc, estão sempre apinhados de gente...
será que ando a precisar de uma ida ao oculista???
este zé pagode que se queixa de tudo, pelos dias de hoje, quando é que se olha ao espelho e faz mea culpa dos erros que comete diariamente?
é fácil passar a culpa para os governantes; eu tb não gostava quando andava sempre a pedinchar ao meu pai-para ir estourar nas noitadas-e volta e meia ele me negava a pedinchice...
Criamos estes buracos, pois bem, somos todos responsaveis por fazer todos os esforços para voltar a tapá-los! os tempos de irresponsabilidades acabam depois dos 18 anos...
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub