7
Anterior
Esclarecido mistério da pirâmide voadora no céu de Moscovo
Seguinte
Festas sem estragos
Página Inicial   >  Sociedade  >   As proporções divinas do rosto feminino

As proporções divinas do rosto feminino

Estudo revela novas proporções ideais da beleza do rosto feminino. O espaço entre os olhos e a distância dos olhos à boca são determinantes.
|
As caras identificadas foram consideradas as mais belas. Na primeira linha muda a distância entre os olhos e a boca, na a distância entre os olhos.
As caras identificadas foram consideradas as mais belas. Na primeira linha muda a distância entre os olhos e a boca, na a distância entre os olhos.

Investigadores afirmam ter identificado a relação perfeita entre os olhos, a boca e o formato da cara de uma mulher. A distância entre os olhos é um dos factores determinantes. O outro factor é a distância dos olhos em relação à boca. Os investigadores norte-americanos da Universidade da Califórnia, San Diego e da Universidade de Toronto acreditam que os dois rácios são determinantes para definir a beleza de uma mulher e o grau de atracção.

Em quatro experiências diferentes, os investigadores pediram a estudantes que comparassem a beleza de vários rostos femininos, com traços faciais idênticos, mas com diferentes distâncias entre os olhos e a boca.

Os resultados indicam que a distância entre os olhos deveria corresponder a 46 por cento da largura da cara, enquanto que a distância dos olhos à boca deveria ser 36 por cento do comprimento total do rosto.

Já desde a Antiguidade Clássica que se procuram definir as proporções ideais para a beleza facial da mulher. "Os gregos descobriram o que eles achavam ser o 'número de ouro' - também conhecido como 'proporção divina' - e usaram-no na arquitectura e arte. Há quem diga que Leonardo DaVinci usou esse rácio quando pintou a Mona Lisa", explica Pamela Pallett, uma das investigadoras envolvidas no projecto.

O estudo contou com o apoio dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos.


Opinião


Multimédia

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.


Comentários 7 Comentar
ordenar por:
mais votados
Proporção divina
Os gregos, e todos os grandes criadores do passado, entre eles o grande Leonardo, sabiam muito bem o que era a "proporção divina". A beleza do rosto humano é, sem dúvida, uma das manifestações mais extraordinárias da beleza divina. Mas um rosto não é rosto porque tem uma proporção matemática; o Rosto é rosto, e como tal fala, e diz, de facto diz quase tudo o que sobre uma pessoa se pode saber mesmo sem ela dizer palavra, porque o Rosto mostra muito do que a pessoa é. E a beleza de um rosto não está na equidistância das linhas; está sobretudo na alma que o habita: sem a alma o rosto não passa de uma carapaça plástica. Por isso, uma mulher verdadeiramente bela não é a mulher que faz muitas correcções plásticas ou se carrega de disfarces sem conta; a mulher mais bela é sempre a mulher mais pura, mais íntegra, mais autêntica. E claro, apesar das barbas e dos seus muitos picos, o mesmo se pode, e deve, dizer do homem: de qualquer homem que verdadeiramente o seja.
As proporções divinas do rosto feminino
Se é a distância dos olhos à boca, ou se é uma bunda abundante, ou uma boa prateleira, não sei. o Que sei é que cada um tem o seus gostos e ainda bem que uns gostam de morenas outros de loiras, outros de baixas ou de altas, tudo se gasta e ainda bem que acaba por não sobrar nenhuma ou muito poucas. Cá o je é como o moi, gosta delas todas e se tudo o que vem à rede é peixe, também pensa como uma bota da tropa marcha tudo por enquanto. O moi tal como o je acha tudo divino.
sou a rosa e estive a ler os comentários
antes do meu desabafo só estavam três comentários o do senhor miranda07 o senhor toni2 e o senhor odagrom e gostei muito de todos e o senhor miranda07 é o poeta em o que interessa é a pureza e o senhor odagrom é assim mais o que é preciso é comer bem deitar cedo e cedo erguer e se houver azar vai ao médico mas o senhor toni2 é o meu preferido porque me faz lembrar o meu alfredo quando andava na tropa ai ai o que me atazanava olhava para todas e não só para ele eram todas boas e que as comia todas dizia ele só para me fazer sofrer e tanto fazia se eram altas baixas marrecas coxas ceguetas e sei lá mais o quê porque ele também dizia tal como uma bota da tropa marcha tudo e só não dizia por enquanto como o senhor toni2 mas comigo nada e dizia que era por respeito e eu bem lhe dizia para me faltar ao respeito mas nada e eu pensava a culpa eram das desavergonhadas mas um dia soube a verdade e nem vos conto mas quando o encontro ainda lhe falo e digo olá lucybela e olá responde-me ele e dá-me dois beijinhos e lá segue rua abaixo com aquele tic tac dos saltos altos e portanto espero que nunca suceda isso ao senhor toni2 e que ele mais o je e o moi continuem a comê-las todas porque são todas boas e quando não têm uma coisa têm outra e se não tiverem coisa nenhuma também não interessa porque homem que usa botas da tropa papa-as todas e quando não papa pisa e é sempre àviar ai ai que saudades do alfredo
beleza feminina e sobrevivência da espécie humana
Este não é o único estudo que mostra que a beleza do rosto feminino não é puramente subjectiva ou cultural. Muitos estudos têm mostrado que há rostos que são universalmente considerados belos.

Se aplicarmos à beleza do rosto feminino a questão «o vinho é bom porque sabe bem ou sabe bem porque é bom?», teríamos de escolher a segunda hipótese. A beleza do rosto feminino possuiria assim uma base ontológica: consideramo-lo belo porque «É» belo. A beleza do rosto feminino não seria uma mera projecção subjectiva mas uma característica do próprio rosto.

Como a beleza está associada a uma sensação de prazer na contemplação, isto significa que há proporções capazes de proporcionar mais prazer do que outras. Mas se esta apreciação não parece ser afectada pela cultura então deve haver algo de genético que nos torna sensíveis a determinadas proporções.

Se existe uma tendência genética para interpretarmos como belas determinadas proporções deveríamos perguntar se essa tendência tem interesse para a sobrevivência da espécie. De que modo esses sinais do rosto (as proporções identificadas como belas) seriam sinais de algo importante para a sobrevivência, senão para a evolução da espécie humana? Serão as mulheres mais belas mais saudáveis? Mais férteis? Mais capazes de criar harmonia? Mais capazes de apaziguar instintos agressivos?
sim, mas...
Mais importante que as dimensões e proporções são os cuidados de saúde e alimentares na juventude e a prática regular de exercício físico. Passada esta fase, hoje em dia não há nada que um bisturi e uns implantes de botox não resolvam...
Nefertiti
O busto de Nefertiti http://en.wikipedia.org/w...
continua a ter "proporções divinas".

É uma experiência única conhecê-lo. Observar a elegância e a serenidade que transmite.

C
ML
o rosto de Nefertiti
O mais curioso ao olhar para o busto de Nefertiti em http://en.wikipedia.org/w... é que esta mulher não se parece nada com o rosto típico de uma egípcia da actualidade, parece mais um rosto de uma mulher europeia caucasiana.
Comentários 7 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub