18 de abril de 2014 às 9:03
Página Inicial  ⁄  Blogues  ⁄  Blogues Life & Style  ⁄  A vida de saltos altos  ⁄  Aprenda a comer flores e a decorar pratos irresistíveis

Aprenda a comer flores e a decorar pratos irresistíveis

Solange Cosme (sapato nº39) (www.expresso.pt)
A vida de saltos altos - Aprenda a comer flores e a decorar pratos irresistíveis

Se acha que as flores ficam bem no seu jardim, na varanda ou mesmo na jarra da sua casa, agora vai poder tê-las no... prato. Já muito conhecidas no nosso país, as flores comestíveis ganham cada vez mais adeptos e, garanto-vos, são deliciosas!

Se é nova na experiência aconselho-a a utilizar apenas flores compradas nos supermercados e que já estão designadas como "próprias para consumo". Regra geral as flores que provêm de verduras são seguras para serem consumidas, no entanto, há exceções que convém considerar. Na dúvida, não coma!

- Flores comestíveis? Onde as posso usar?

As receitas proliferam pela Internet e pode facilmente inspirar-se em pratos exóticos ou mais simples. As saladas são sempre uma boa opção mas também as poderá utilizar em conjunto com outras verduras, em bolos e biscoitos, em sobremesas e gelados, e mesmo aventurar-se num "doce de flores" (os mais conhecidos são doce de lavanda, rosas e violetas e, comprovo, são uma delícia!). Numa forma mais simples, mas também fantástica, é apenas utilizá-las para decoração de pratos e sobremesas. Afinal, os olhos também comem, certo?

- Quais as flores comestíveis mais comuns?

A panóplia de flores comestíveis é vasta e colorida. Deixo-lhe apenas alguns exemplos:

- Lavanda - chá, biscoitos, cheesecakes, tortas ou como adição ao molho vinagrete para temperar saladas. Com alguns tons cítricos pode adicionar a muitos cozinhados.

- Violetas - para além do óbvio poder decorativo, as violetas podem ser utilizadas numa ampla variedade de cozinhados (diria mesmo que será das mais utilizadas) tanto doces como salgados. Experimente a "viola adorata" em geleia de violeta ou na manteiga!

- Amores-perfeitos - uma das minhas favoritas. Primeiro porque acho lindos e delicados, depois, porque com o seu sabor ligeiramente adocicado vão otimamente em sobremesas e saladas de frutas!

- Rosas - falo obviamente apenas das pétalas, rejeite tudo o resto. Especialmente em sobremesas e para decoração de saladas. E a água de rosas que a nossa avó usava já tinha propriedades fantásticas! Use-a também para limpar o rosto à noite!

- Malmequer - especialmente em saladas. Não utilize os malmequeres tingidos das floristas!

- -Dente de leão - com um sabor doce, parecido com o mel, as flores jovens são ótimas em saladas. Quando secares, use a folha para fazer chá.

- Quais as que não posso comer de certeza?

Dentro das flores venenosas as que vai querer manter apenas na jarra contam-se os lírios do vale e os narcisos, mas há muito mais. Aprenda a reconhecê-las e, mais uma vez, na dúvida, não coma. Evite também flores de tomate, espargos, beringela e batata. São potencialmente prejudiciais (apesar de terem origem em vegetais).

Evite igualmente consumir flores que sejam adquiridas em floristas - normalmente têm pesticidas ou outros produtos químicos.

É seguro mantê-las no frigorífico até ao máximo de uma semana depois de as colher. Após esta data, rejeite-as.

Se ficou com a sensação de que aprendeu muito pouco com a explicação acima... é normal. Sendo um elemento novo na nossa alimentação e que aporta alguns riscos, é preferível saber um pouco mais sobre o assunto.

Onde posso aprender mais sobre flores comestíveis?

No Museu do Oriente - Em Lisboa. No dia 21 de abril, entre as 10h e as 13h será lecionado um atelier de flores e ervas comestíveis. Aprenda receitas simples e saborosas com ervas aromáticas e flores comestíveis com alguém expert na matéria.

Para mais informações:

http://www.museudooriente.pt/1418/atelie-de-flores-cosmestiveis.htm


A Vida de Saltos Altos em livro


Autoras: Ana Areal, Liliana Coelho, Paula Cosme Pinto, Sofia Rijo, Solange Cosme

Editora: Plátano (coleção Livros de Seda)

Preço: 11,80€ em loja, 10,62€ se for adquirido via site da Editora Plátano

Páginas: 158

ISBN: 9789727708598


Saiba mais sobre o livro:

Um livro lançado... em Saltos Altos (vídeo e fotogaleria)
Blogue mais feminino do Expresso chega às livrarias (vídeo)


A Vida de Saltos Altos no Facebook

A Vida de Saltos Altos também está presente no Facebook. Na página desta popular rede social qualquer um pode ser fã deste blogue. Clique para visitar.



A Vida de Saltos Altos no Twitter

A Vida de Saltos Altos é presença assídua no Twitter, onde estão todos os posts deste blogue. Junte-se às pessoas que aí nos seguem. Clique para visitar.


Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub