Expresso 40 Anos
  • Patrocinadores Oficiais:
  • patrocinadores
  • Com o Apoio:
  • patrocinadores
Anterior
Espreite dez das muitas fotos da primeira Revista especial dos 40 anos ...
Seguinte
Espreite dez das muitas fotos que fazem a segunda Revista especial dos ...

Anos 1983-92 em Revista especial para guardar, no sábado

A Revista do próximo sábado, dia 16, é a segunda de quatro edições especiais nas quais publicamos, num extenso portfolio, os acontecimentos mais marcantes das últimas quatro décadas, desde a fundação do Expresso. Desta vez, é analisado o período 1983-1992.
|

O que de mais importante se passou em Portugal e no mundo na segunda década de vida do Expresso (de 1983 a 1992) é o tema único da Revista do próximo sábado, dia 16. Uma Revista especial com centena e meia de páginas, nas quais publicamos as imagens dos grandes acontecimentos desse período, selecionadas por Alberto Frias, ex-editor de fotografia e atual fotojornalista do Expresso, legendadas e contextualizadas por Paulo Paixão.

Nesta edição especial publicamos também crónicas alargadas de Miguel Sousa Tavares e de Rui Ramos, nas quais fazem a análise do período em causa. Os cronistas residentes José Quitério (À Mesa) e João Paulo Martins (Vinhos) analisam, respetivamente, um restaurante e vinhos que se destacaram nessa altura.

As outras duas crónicas habituais da Revista - a de Clara Ferreira Alves e a do Comendador Marques de Correia - são, também, dedicadas à década que vai de 1983 a 1992.

Esta edição especial é publicada quando faltam 30 semanas para as comemorações dos 40 anos do Expresso. Quando faltarem 20 semanas será publicada uma nova Revista especial, abrangendo o período 1993-2002; e quando faltarem 10 semanas publicaremos a última revista especial, relativa ao período de 2003 até à atualidade.

Com estas quatro Revistas, os leitores ficarão com um pequeno "compêndio de História" no qual - em cerca de 600 páginas de fotografias, comentadas e contextualizadas - estará o que de mais importante se passou em Portugal e no mundo nos últimos 40 anos.






Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 1 Comentar
ordenar por:
mais votados
Re: Anos 1983-92 em Revista especial para guardar,
Acho esta iniciativa bastante interessante, no entanto tenho imensa pena de não ter conseguido comprar logo a 1ª revista, alguem me poderá dizer como posso adquiri-la?
Comentários 1 Comentar

Últimas

Multimédia Expresso 40 anos
Confronto. A organização da mesa não foi inocente: do lado esquerdo os dois políticos (José Pacheco Pereira e Rui Rio), do direito os jornalistas (Miguel Sousa Tavares e Henrique Monteiro), separados por um moderador, José Azeredo Lopes, que não deixou de tomar posição

Haverá jornalismo sem jornais?

José Pedro Castanheira (texto), Rui Duarte Silva (foto) 

O jornalismo e o papel dos 'media' foram discutidos com paixão, no Porto, no final das comemorações dos 40 anos do Expresso.

mais
A gestão cultural, as obrigações do Estado, a importância da Cultura e aquilo que a distingue das outras indústrias foram temas que animaram a conferência "Cultura e Criatividade - Investir Mais É Uma Boa Ideia", que decorreu no Auditório da Universidade de Évora

É urgente gerir bem a cultura

Alexandra Carita 

O que faz falta à Cultura? Financiamentos maiores, novos modelos de gestão, clarificação de obrigações e desenvolvimento sustentável.

mais
Turismo à mesa. O excesso de oferta face à procura em Portugal, a promoção de dormidas ilegais e as estratégias de promoção foram temas que animaram a conferência “Turismo — tanto para oferecer, tanto para fazer”, reuniu Pedro Costa Ferreira, Cristina Siza Vieira, Francisco Pinto Balsemão, Bernardo Trindade e Mário Ferreira à mesa da conferência que decorreu no Teatro Baltazar Dias, no Funchal

Conferência Expresso 40 anos no Funchal: Desafios do Turismo

Conceição Antunes 

Ir além da Primavera Árabe. Crescimento com futuro, não só à custa da crise no Egito, Turquia e Tunísia, foi o mote da conferência no Funchal.

mais
A nova agricultura. Sector paga, em média, abaixo dos €700, dificultando a atração de trabalhadores. A necessidade de conhecimento científico tem trazido mais quadros para as empresas agrícolas e o trabalho braçal tem cedido lugar às novas tecnologias

O maior "mito" da Agricultura

Joana Madeira Pereira  

Conferência Expresso em Ponta Delgada: Portugal tem bons terrenos e clima excecional, mas não tem capacidade para ser autossuficiente na agricultura e nas pescas.

mais
Os perigos das novas tecnologias. Francisco Pinto Balsemão moderou o debate e no final manifestou alguma preocupação com o uso indevido das novas tecnologias em ataques à privacidade dos cidadãos

O milagre da nuvem digital

João Ramos 

As mais pequenas empresas já podem ter acesso a programas informáticos que só eram acessíveis as grandes companhias

mais
O acidente nuclear e Fukushima, no Japão, empurrou esta tecnologia para o fundo das opções energéticas. As renováveis ganham mais força, mas o gás de xisto pode baralhar tudo

Nuclear? Agora não, obrigado

Vitor Andrade 

O futuro da energia. Nem o petróleo vai acabar, nem o nuclear será abandonado. Mas as renováveis continuam a conquistar terreno.

mais
O Teatro Viriato, em Viseu, encheu durante o debate “Educação: a base de tudo o resto?”, que juntou  dois ex-ministros da Educação e foi moderado por Francisco Pinto Balsemão

"A Educação está entre o atraso e o futuro"

Isabel Leiria 

Depois de décadas de estagnação, os resultados melhoraram na Educação. na Conferência Expresso em Viseu falou-se do que falta fazer.

mais
O acidente nuclear e Fukushima, no Japão, empurrou esta tecnologia para o fundo das opções energéticas. As renováveis ganham mais força, mas o gás de xisto pode baralhar tudo

Região Centro pode dar um salto tecnológico

Virgílio Azevedo 

A criação de um corredor de alta tecnologia entre Aveiro, Coimbra, Cantanhede e Covilhã foi proposta na conferência do Expresso.

mais
A mesa do painel reunido pelo Expresso em Braga foi moderada por Francisco Pinto Balsemão e  debateu a a situação demográfica do país a partir do mote contido na pergunta: “Cada vez menos e mais velhos—Como inverter a tendência?”

O futuro está a ficar cada vez mais velho

Valdemar Cruz 

Demografia Especialistas defendem que só uma sociedade mais amiga da paternidade melhorará as taxas de fecundidade.

mais
Debate. Os oradores e Francisco Pinto Balsemão, presidente do grupo Impresa e moderador da conferência "Saúde e Segurança Social: o Estado pode continuar a tratar de nós?", segunda feira, em Coimbra no âmbito das comemorações dos 40 anos do Expresso

Tratar o Estado para o Estado tratar de nós

Vera Lúcia Arreigoso 

Conferência Expresso em Coimbra: especialistas em Saúde e Segurança Social defendem que o país só pode continuar a dar proteção se curar as doenças de que sofre.

mais
PUB
PUBLICIDADE
Últimas  Expresso 40 anos
Os nossos leitores

Que notícia gostava que o Expresso publicasse daqui a 40 anos?

24

Deixe aqui a sua sugestão de notícia para o futuro.