18 de abril de 2014 às 15:54
Página Inicial  ⁄  Sociedade  ⁄  Amazon combate Apple com Android e dois Kindles

Amazon combate Apple com Android e dois Kindles

Uma notícia avançada pelo "The Wall Street Journal" afirma que a Amazon vai lançar até Outubro um tablet com Android e dois novos modelos do Kindle. O objetivo é competir com a Apple e o iPad, especialmente na venda de conteúdos digitais.
Carlos Afonso Monteiro (www.expresso.pt)
Segundo o "The Wall Street Journal" Amazon prepara o lançamento de um tablet com Android OS e dois novos modelos do Kindle (stillframe/Flickr) Segundo o "The Wall Street Journal" Amazon prepara o lançamento de um tablet com Android OS e dois novos modelos do Kindle

Quando foi anunciado, o iPad representava para muitos "a certidão de óbito do Kindle", mas tal não aconteceu e a Amazon prepara-se agora para o contra-ataque.

Segundo uma notícia avançada pelo "The Wall Street Journal " a Amazon vai lançar até Outubro um tablet com sistema operativo Android e um ecrã de nove polegadas. A serem confirmadas, estas características não são fortes o suficiente para transformar o tablet da Amazon num "iPad killer", mas o lançamento poderá ajudar a empresa a competir com o maior rival americano do leitor do Kindle, o Nook da Barnes & Noble.

A escolha do sistema operativo Android é lógica visto que a Amazon não tem OS próprio e abriu recentemente a sua Amazon Appstore for Android , lançamento que deu lugar a uma batalha legal pela denominação "Appstore" .

Este tablet não foi desenhado nem produzido pela Amazon, mas uma fonte anónima citada pelo "The Wall Street Journal" afirma que a empresa está a preparar o lançamento de outro tablet, desenhado pela própria Amazon, em 2012.

O "The Wall Street Journal" avança ainda o lançamento de dois novos modelos do Kindle para o final do ano. Uma das versões será mais barata e a outra será um modelo "high cost" com ecrã tátil.

Fontes citadas pelo jornal afirmam que a Amazon crê que consegue competir diretamente com a Apple graças à sua infraestrutura de vendas digitais, ou seja, mesmo que perca dinheiro no hardware a Amazon tenciona recuperá-lo nas vendas de e-books, música, vídeos e outros conteúdos digitais.

Comentários 7 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Kindle in the wind
um apple é sempre um apple, e, por muito que criem novas máquinas a preços muito competitivos, nunca estarão ao nível da maçã.
Apple é muito mais do que design e tecnologia, é um ideal.
Re: Kindle in the wind Ver comentário
Re: Kindle in the wind Ver comentário
Mas que comparações!
Um Kindle é leve, pequeno, muito prático para levar em viagem.
Ler livros no iPad tudo bem, mas ao fim de uns minutos, o peso do bicho faz das suas. E o preço não tem comparação.

Agora o ideal...um Mac e um Kindle. Um porque é um portátil super leve e um computador a sério, e outro porque é o melhor e-reader desde há anos.
Não me tenho dado mal com este dueto.
O Android prevalecerá
O Android está a suplantar o iPhone/iPad e acabará por prevalecer, relegando os produtos da Apple a um nicho de mercado tal qual o que actualmente ocupam os seus computadores.
E ainda bem. O Android é um sistema operativo livre, aberto. Ao invés, o iOS é fechado e a Apple tem tiques totalitários inaceitáveis (veja-se a absurda recusa de inclusão do Flash Player).
Re: O Android prevalecerá Ver comentário
meu rico portatil
que faz isso tudo e mais.... e corre o que me apetecer é só escolher o "sabor" ao iniciar...
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub