23 de abril de 2014 às 13:48
Página Inicial  ⁄  Blogues  ⁄  Blogues Life & Style  ⁄  A vida de saltos altos  ⁄  Alimentos Funcionais

Alimentos Funcionais

Neide Rangel (sapato nº36) (www.expresso.pt)

Os alimentos com propriedades funcionais atuam na melhoria de funções específicas do organismo, graças a certas substâncias presentes em quantidades significativas. Cada um desses elementos pode exercer um ou mais papéis essenciais para beneficiar a saúde. Confira os principais e sua ação quando ingeridos!









CAROTENOIDES:

  1. O que são? Grupo de fitoquímicos com ação antioxidantes. Os mais conhecidos são betacaroteno, alfacaroteno, luteína, zeaxantina e licopeno.
  2. Funções? Todos protegem as células contra radicais livres, prevenindo tumores. Luteína e zeaxantina agem na região dos olhos, reduzindo o risco de infeções, cataratas e cegueira.
  3. Onde encontrar? Alimentos de cor alaranjada (cenoura, manga, abóbora, mamão e dióspiro) são fontes de alfa e betacaroteno. O licopeno pode ser encontrada em vegetais vermelhos (tomate, melancia, goiaba). A luteína e zeaxantina estão presentes em alimentos com tons do amarelo ao verde (ervilha, espinafre, couve, milho, pimentos, banana, pera, etc.).

ISOFLAVONAS:

  1. O que é? Fitoestrógeno, substância encontrada nas plantas semelhante à hormona feminina estrogénio.
  2. Funções? Alivia os sintomas da menopausa (como as ondas de calor), reduz o risco de doenças cardiovasculares, osteoporose e cancro de mama.
  3. Onde encontrar? Soja e seus derivados (proteína texturizada, "leite", queijo, massa de soja)

FIBRAS:

  1. O que são? Tipos de hidratos de carbono que podem ser solúveis (dissolvem-se em água) ou insolúveis (mantêm-se intactas, sem se dissolver).
  2. Funções? Melhoram o funcionamento do intestino (desde que o consumo seja acompanhado da ingestão de líquidos, em especial égua), saciam a fome, controlam a absorção de gorduras e açúcares. A betaglucana, fibra solúvel presente na aveia, é capaz de reduzir o "mau" colesterol (LDL).
  3. Onde encontrar? Grãos e cereais integrais, frutas, legumes e verduras.

PROBIÓTICOS:

  1. O que são? Bactérias benéficas que habitam o intestino.
  2. Funções? Impedem a fixação de microrganismos patogénicos (causadores de doenças), prevenindo infecções gastrointestinais, equilibram a flora intestinal, estimulam o sistema imunológico.
  3. Onde encontrar? Iogurte, leite fermentado.

ÓMEGA 3:

  1. O que é? Tipo de ácido gordo (gordura), conhecida como gordura "boa".
  2. Funções? Protege o coração e as funções cerebrais. Têm ação anti-inflamatória, estimulando o sistema imunológico, reduzindo os a formação de coágulos sanguíneos, reduz também a taxa de triglicéridos e aumenta o nível do "bom" colesterol (HDL).
  3. Onde encontrar? Peixes (principalmente salmão, atum, sardinha, cavala, anchova e arenque), linhaça, castanhas, sementes de abóbora e folhas verde-escuras (rúcula, agrião, espinafres).

FITOESTERÓIS:

  1. O que são? Substâncias (esteroides) presentes nos vegetais com estrutura semelhante à do colesterol.
  2. Funções? Fazem o intestino absorver menos colesterol "mau" (LDL) durante a ingestão dos alimentos.
  3. Onde encontrar? Nozes, gérmen de trigo, sementes de girassol, soja.

ANTOCIANINA:

  1. O que é? Tipo de polifenol responsável pela cor roxa de alguns vegetais.
  2. Funções? Inibe a formação de coágulos sanguíneos, protege o sistema circulatório, previne problemas cardíacos.
  3. Onde encontrar? Repolho roxo, casca da beringela, amora, açaí, ameixa (seca ou fresca), cereja, uva roxa, azeitona preta.

ALICINA:

  1. O que é? Composto derivado do enxofre, responsável pelo o dor característicos (e pouco agradável) do alho, é libertado quando o alimento é cortado, prensado ou mastigado.
  2. Funções? Antibiótica, antibacteriana, antifúngica e antiviral.
  3. Onde encontrar? Alho e cebola.

CATEQUINA:

  1. O que é? Tipo de polifenol. Os polifenóis são substâncias antioxidantes presentes nos vegetais, responsáveis pela defesa contra bactérias, vírus, fungos e radiação ultravioleta.
  2. Funções? Inibe a oxidação do colesterol e é anticancerígena.
  3. Onde encontrar? Chá verde, chocolate amargo, uvas, morango.

SULFORAFANO:

  1. O que é? Substância antioxidante da família dos isotiocianatos (que contêm enxofre).
  2. Funções? Atua no fígado, estimulando a produção de enzimas que combatem substâncias cancerígenas e ajudam a prevenir o cancro do cólon e da mama.
  3. Onde encontrar? Brócolos, couve-flor, repolho e agrião.

Para que as funções do organismo estejam reguladas e a prevenção de doenças a partir da alimentação seja suficiente, é preciso equilibrar a dieta, ingerindo diferentes alimentos naturais durante a semana, pois o corpo necessita de quantidades distintas de cada nutriente.

Um dieta equilibrada, rica em alimentos frescos, integrais, orgânicos e funcionais, permite que o organismo entre num processo de eliminação de toxinas acumuladas.

Incluir o alimento certo no seu cardápio é essencial para controlar um determinado problema de saúde. Por exemplo, para baixar o colesterol, o recomendado é consumo de fibras, como a aveia, porém é necessário também reduzir o consumo de carnes vermelhas e produtos industrializados. Se isto não acontecer de nada vai adiantar consumir uma boa quantidade de aveia todos os dias, daí procure aconselhamento com um especialista. Tal como o "Pai da Medicina", Hipócrates, citou, " Se pudermos dar a cada indivíduo a quantidade exata de nutrientes e de exercício, que não seja insuficiente, nem excessiva, teremos encontrado o caminho mais seguro para a saúde".


Contacte a nutricionista Neide Rangel
Através do mail info@inn.com.pt ou visite o site www.inn.com.pt

A Vida de Saltos Altos no Facebook

A Vida de Saltos Altos também está presente no Facebook. Na página desta popular rede social qualquer um pode ser fã deste blogue. Clique para visitar.



A Vida de Saltos Altos no Twitter

A Vida de Saltos Altos é presença assídua no Twitter, onde estão todos os posts deste blogue. Junte-se às pessoas que aí nos seguem. Clique para visitar.


Comentários 2 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Política pública e alimentação saudável...
Existem ainda muitas forças contrárias às mudanças em favor duma alimentação de qualidade... Quem está atento pode muito bem notar a inibição de muitas pessoas em adotar um hábito alimentar que favoreça a qualidade de vida através de alimentos saudáveis e longe da industrialização... Fico muito otimista quando percebo neste espaço a presença ativa em prol duma nova mentalidade na opção de vida... Penso que o hábito alimentar saudável e favorável à saúde poderia ser uma preocupação de política pública para assegurar o direito à alimentação e nutrição; e, assim criasse oportunidades para que todas as pessoas tivessem acesso e garantissem a qualidade de suas vidas por meio do seu alimento... Acrescento aqui a minha mais recente descoberta sobre a proteína faseolamina que não percebi no seu post, também não sei se a pesquisa feita sobre a farinha do feijão branco é falaciosa, pois ainda não experimentei... Segundo o link abaixo: "A proteína presente nesse feijão (é responsável pelo emagrecimento e a redução dos níveis de açúcar no sangue) a faseolamina, porque inibe a absorção de glicose (amido) pelo organismo, sendo importante para o controle do diabetes”... Outra descoberta minha muito eficaz e não tão recente porque experimentei e fez-me muito bem: foi um antioxidante encontrado na farinha do cacau... Obrigada, drª Neide, por mais uma aprendizado nutricional!...
Re: O link Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub