18
Página Inicial   >  Multimédia  >  Infografia  >   Alentejo em tons de verde
Gráfico animado

Alentejo em tons de verde

|

Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 18 Comentar
ordenar por:
mais votados
Velho velho do restelo
Ele há cada um ! Então se o fotógrafo fotografasse a Serra da Estrela no verão seria criticado pelo "velho velho do restelo" pelo facto de as fotos apresentarem a serra sem neve ? Ou se fotografasse um macaco só com um braço
a fotografia não teria qualidade porque os macacos têm dois braços ?

As fotos são óptimas e cheias de vida, mas recomenda-se ao fotógrafo que faça um jeito ao velho e vá fotografar o Alentejo no pino do verão, para ele poder gozar a "região árida" e sem vida...
Re: Velho velho do restelo
Lágrimas de saudade!!
Beleza efémera
O Alentejo, no Inverno e na Primavera (quando há água!) é de um beleza fascinante. O problema é mesmo o ciclo da água. A nossa chuva está muito concentrada num certo número de meses, e depois, é a estorrina que muitos conhecem!
Por isso, toca a aproveitar esta beleza efémera!
PS: parte desta beleza existe graças a uma data de malucos que ainda semeiam as terras, apesar das malfadadas políticas agrícolas dos nossos governantes e da UE.
Re: Beleza efémera
Se no verão o Alentejo é uma paisagem seca...

Por que não fazemos dele uma paisagem sempre verde...
Não queria desiludi-lo, mas ....
Já reparou que estamos no pino do inverno?

        Região árida e semi-desértica significa isso mesmo - não é um deserto mas para lá caminha.

        E tirando os meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro ... vá lá ver o que encontra .....

          Por vezes vemos o que queremos e não o que está á vista ....
A desilusão....
Re: Não queria desiludi-lo, mas ....
Re: Não queria desiludi-lo, mas ....
Re: Não queria desiludi-lo, mas ....
Alentejo Verde
As fotografias sobre o Alentejo nesta altura do ano são fantásticas. As minhas sinceras felicitações ao fotógrafo Jaime Figueiredo.
Senhor de La Palice
Se é semi-desértica é porque não tem chuva, se tem chuva não é semi-desértica.
Re: Senhor de La Palice
Re: Senhor de La Palice
Música
Alguém sabe de quem é? Parece-me do Einaudi, mas não tenho a certeza... Obrigada :)
O Alentejo...
O alentejo tem uma beleza muito própriia.
A beleza de Portugal é ter regiôes de diferentes características.
Uma das coisas que adoro no alentejo o seu espaço.
Na primavera é lidíssimo,um autêntico postal.
A vila de Reguengos de Monsaraz e Vila Viçosa é absolutamente fascinante.
Alentejo verde
Lindas fotografias! O Alentejo é uma região que tem, ao longo do ano, diversos tons e cores. Gosto particularmente da Primavera, quando os campos estão repletos de flores de várias cores.
Parabéns ao fotografo!
Comentários 18 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub