Anterior
Trump volta a equacionar candidatar-se em 2012
Seguinte
Incêndio no Hospital de Portimão obriga à transferência de doentes
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Afeganistão: EUA vão "continuar a pressionar"

Afeganistão: EUA vão "continuar a pressionar"

Apesar da queda de um helicóptero no fim-de-semana que provocou 38 mortos, Barack Obama disse hoje que os militares vão prosseguir o "duro trabalho" e "ser bem sucedidos".
As tropas norte-americanas estão a intervir no Afeganistão desde 2001
As tropas norte-americanas estão a intervir no Afeganistão desde 2001 / Rodrigo Abd/AP

O Presidente Barack Obama disse hoje que os Estados Unidos vão "continuar a pressionar" e vão "ser bem sucedidos" na sua missão no Afeganistão, apesar do derrube de um helicóptero no fim-de-semana que provocou 38 mortos.

Em declaração a jornalistas, Obama referiu que o incidente revela os riscos que os militares norte-americanos enfrentam diariamente. No entanto, assegurou que as tropas deslocadas no Afeganistão vão prosseguir o "duro trabalho" de impedir que o país se torne num "abrigo" para as redes terroristas, e ainda preparar os afegãos para que se responsabilizem pela sua segurança.

A queda de um helicóptero no sábado vitimou 30 militares norte-americanos, no mais grave incidente militar dos Estados Unidos em dez anos de intervenção no Afeganistão. Entre os mortos incluem-se 22 comandos navais, tropas da Força Aérea e a tripulação, para além de oito soldados afegãos que também seguiam no aparelho.

 


Opinião


Multimédia

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

United Colors of Gnocchi

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.


Comentários 6 Comentar
ordenar por:
mais votados
falidos...
...mas vão continuar a pressionar.
God Bless America
Que tanga!!
De vitória em vitória até à derrota final!!

Que seja rápido.
Pois, já dizia o camarada Brejnev...
És como uma pedra, José
José Pasternak - És cego como um calhau! És daqueles idiotas que assim nascem, assim vivem e jamais aprenderão com os factos que evidencianm os teus equívocos. Acredita que lamento por ti; deve ser doloroso viver amarrado a crenças e dogmas que são constantemente contrariados pela realidade. O teu mundo desmorona-se diante dos teus olhos e tu recusas-te a ver; pior do que isso, desmentes a realidade como se fosses (és) um autista, bloqueado em ideias fixas, imcapaz de perceber o mundo à tua volta.
Pobre José, não sei como posso ajudar-te para alem destas advertências. A culpa não será toda tua. Medita naquilo que te deixo dito aqui. Faz um esforço para usar mais e melhor a tua pouca razão (racionalidade). Às vezes acende-se um click no nosso cérebro quue nos faz ver claro aquilo que antes viamos escuro. O teu problema é que nunca te acontecem estes clicks, mas faz uma esforço de introspecção, admite o quanto tens sido estúpido até aqui e tenta revoltar-te contra essa tua natureza. Se um dia o conseguires fazer e passares a perceber que és mais ignorante que o mais ignorante dos mortais, perceberás o significado da famosa expressão de Sócrates (o de Atenas): «Quanto mais sei, mais sei que nada sei»
Boa tarde, José.
Ó Jaime, toma lá a resposta e...
Ó Jaime, és casmurro que nem uma porta
Tira as palas ideológicas que te tolhem a visão, pois a estupidez é toda tua. Um estalinista marxóide a falar em dogmas e crenças... Mira-te bem ao espelho, narciso vermelho.

Sei bem o que desejas e a razão da tua felicidade. Sabes que "Afeganistões" foram o início da derrocada do Império Vermelho e, agora que esperas que o mesmo aconteça, tens a esperança de que o mundo tome o caminho que a tua religião profetizou. Mas não estejas tão certo disso.

O teu mundo abjecto governado por criminosos e gerontocratas decrépitos é que se desmoronou... e já faz mais de duas décadas... Até os teus camaradas do Império do Meio já o tinham percebido, fazia tempo. Mas também te percebo, porque no meio onde cresceste te devem ter dito que aquela figura de barbas, vestida de vermelho, que muitos apelidam de Pai Natal, era o teu sempre amado Karl.

Recusas-te a aceitar que o Muro, símbolo vergonhoso da prepotência e da banha da cobra "humanista", já caiu por terra. Darias uma boa Christiane Kerner para o "Good Bye, Lenin".

PS: Ó Jaime V.ermelhusco eu sei mais do que Sócrates (o mais velho), porque além de saber que nada sei, sei também que tu não sabes nada!
Comentários 6 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub