27
Anterior
Reestruturação da dívida seria "trágica", diz ministro da Economia
Seguinte
Obras públicas: PPP dos últimos 6 anos não custaram nada
Página Inicial   >  Economia  >   Aeroporto: Governo quer solução Portela + 1

Aeroporto: Governo quer solução Portela + 1

O ministro da Economia e Emprego disse hoje que o Governo está à procura na região de Lisboa de uma estrutura para alargar o aeroporto da capital para 'Portela mais um'.

O ministro da Economia e Emprego disse hoje que o Governo está à procura na região de Lisboa de uma estrutura para alargar o aeroporto de Lisboa para 'Portela mais um'.

"Estamos à procura de uma estrutura para 'Portela mais um' na região de Lisboa", disse Álvaro Santos Pereira em audição na Comissão Parlamentar da Segurança Social e do Trabalho.

O governante disse ainda que o ministério tem já um acordo de entendimento com a companhia aérea de baixo custo Easyjet para esta ter uma base em Lisboa o que deverá levar à "criação de 200 postos de trabalho".


Opinião


Multimédia

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Costeletas de borrego com migas de castanhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.


Comentários 27 Comentar
ordenar por:
mais votados
Aeroporto Governo quer Portela mais um
Não sou um especialista na matéria, mas o que tenho ouvido e lido de gente que sabe do assunto, isso é pior a emenda que o soneto, em custos e em operacionalidade. Aliás muito estranho que o aeroporto não era anteriormente contestado por ninguém desde Cavaco a Ferreira Leite. Também é verdade que neste governo já nada me surpreende depois de terem protestado tanto em relação a uma linha de TGV Lisboa-Madrid, virem agora propor fazer duas, ou seja além desta mais Aveiro-Vilar Formoso-Salamanca. O que me dá a impressão é que além de mentirosos, também são incompetentes e estão a levar o País ao fundo. É esta a opinião já de muita gente incluindo os irmãos mais velhos, segundo as últimas declarações, onde Cavaco não fica de fora.

http://www.youtube.com/wa...

http://www.youtube.com/wa...
Re: Aeroporto Governo quer Portela mais um
Re: Aeroporto Governo quer Portela mais um
Re: Aeroporto Governo quer Portela mais um
Re: Aeroporto Governo quer Portela mais um
Re: Aeroporto Governo quer Portela mais um
Re: Aeroporto Governo quer Portela mais um
Re: Aeroporto Governo quer Portela mais um
Re: Aeroporto Governo quer Portela mais um
Opiniões
Entre alguns profissionais, pessoal de comunicações e operações, que trabalham na Portela, há a opinião de que o timing para a construção do novo aeroporto já está esgotado. Entretanto Madrid fez um grande aeroporto, com pretensões a chamar todo o tráfego e irradiando por TGV ou voos locais para toda a península. Se a Ibéria comprar a TAP é natural que aconteça. O grande problema é falta de taxi-ways, locais de manobra e estacionamento, mais do que saturação das pistas.
Esta opção do ministro é bem aceite entre as pessoas que conheço, mas é um tema de acesa discussão, mais por questões de segurança (ninguém gosta dos aviões sobre a cabeça) do que por aperacionalidade.
Há boas pistas na região de Lisboa, alem de Alverca,também Sintra tem um acesso à CREL.
Re: Opiniões
Re: Opiniões
Ryanair fixa janela de cabine com fita-cola
Ryanair fixa janela de cabine com fita-cola.

Piloto obrigado a dar meia volta 20m depois após fita-cola se soltar.

Ryanair planeia dobrar o número de passageiros.

http://goo.gl/ycX33
Re: Ryanair fixa janela de cabine com fita-cola
Estudos + estudos, é bom para o bolso dos amigos
Nós portugueses (especialmente os governantes) temos o hábito de alterar tudo o que os anteriores responsáveis decidiram.

Ninguém faz ideia de quanto dinheiro vai parar ao lixo, porque se anulam estudos encomendados, porque se esquecem dos relatórios pagos, porque não querem pegar no trabalho já feito e que custou muito dinheiro.

Isso não se aplica só aos projectos de lei, mas também a relatórios e estudos técnicos que normalmente são pagos a peso de ouro. (Porque são encomendados aos técnicos e gabinetes "amigos do partido").

Enquanto não forem responsabilizados os políticos que desbaratam os nossos impostos, não sairemos da cepa torta.

Com as pontes, as linhas de comboio, as auto-estradas, os aeroportos e as barragens acontece sempre o mesmo.

A febre de ir ao pote é tanta, que se põe a encomendar o que já existe, que pedem estudos para o que já está estudado, e tudo isso para oferecer trabalho aos amigos e dizerem:
- Esta solução é minha!

Enquanto isto, vamos empobrecendo, sem sentir que vale a pena pagar impostos...

(Sobre esta nova solução?
- Quero lá saber, se vier outro Governo vai dizer que tem outra solução melhor!)...
Um conselho, de borla !!

Não mexam em rigorosamente nada !!!

A TAP vai ser "oferecida" ao consórcio da Ibéria.

O hub principal África/Américas muda-se para Madrid.

Sobrará aeroporto p'ra caramba !!

Comecem sim a pedir orçamentos para uns ATR e, que os governos regionais, criem Air Açores e Air Madeira.

Outra opção: TAP com 51% de um consórcio a montar com a TAAG, LAM, TACV e uma companhia brasileira.
Mais um estudo
A quantos anos se fala em novo aeroporto.

O aeroporto é um dos melhores negócios em Portugal para as consultores.
Este governo como tantos outros vai encomendar um estudo ou dois ou três a uma consultora e gasta uns milhões.
Por curiosidade essa consultora financiou a campanha ou trabalha lá o primo...

Cumprimentos
Re: Aeroporto: Governo quer solução Portela + 1
Com Tanta SCUT gratuita (e outras a 30 centimos como o caso na região de Oeiras) a volta de Lisboa.

Por isso Lisboa +1 ou Lisboa + 2 ou Lisboa + 3.

Tem é rentabilizar as pontes que travessam o rio tejo.

Por isso o Lisboa + 1,2,3 de certo que vão ser a sul do tejo?

Roma tem tem Roma + 2... por isso Lisboa pode tambem ter Lisboa +,+,+.
Completo fiasco!!!
Ao ouvir hoje o ministro de economia falar sobre o acordo que existe com a EasyJet para fazer de Lisboa uma base, e depois vir falar da "Portela + 1" fez-me cair ( literalmente ) o queixo!!! Como é possível, nos tempos que correm ter-se tanta irresponsabilidade??? Se existe um investimento que é totalmente impreterível é um novo aeroporto...TGV's, pontes, auto-estradas, edifícios, SCUT's etc. etc. OK, acho bem que tudo isso tudo pare...agora a Portela está desde há muitos anos ( diria pelo menos 25 anos ) completamente ultrapassada e desde há alguns anos que está esgotada. Os remendos que se têm feitos são autênticas abominações...e agora falam que vai ser estabelecida uma base da EasyJet? Onde é que vão pôr os aviões? Alverca? Parece-me nítido que será aí que o "+ 1" vai ficar...e então vai ser um autêntico espectáculo controlar "esse granel" todo...exemplo típico da incompetência que existe nos políticos em Portugal. A Portela por sua vez não aguenta mais tráfego...cada dia que passa as coisas estão a piorar...em determinados picos de movimento, a meio da manhã por exemplo, quando saiem 5 ou 6 voos da TAP de longo-curso os atrasos chegam a ser de pelo menos 30 minutos até o avião descolar, isto porque embora existam duas pistas apenas uma pode ser utilizada e normalmente é aquela maior, que passa por cima da ponte 25 de Abril. Depois disso tudo também é caricato, e triste, pensar que as aproximações à Portela, nos ultimos 2 ou 3 kms são feitas totalmente em cima da cidade!!
Portela + 1? E as despesas justificam...?
E as despesas (instalações, acessos, etc) para preparar o 1 (Alverca, Sintra ou Montijo) justificam o investimento que vai ser feito? E qual o impacto na rede viária e o prazo útil de utilização do 1?
Não seria melhor passar toda a manutenção da TAP/PGA para o aeroporto de Beja, aproveitar melhor a Portela e investir em Alcochete num aeroporto de raiz a ser construído por módulos e de inicio apenas com uma pista?
Continuamos a remendar...
Ora...
Embora concorde que os aeroportos devam estar a uma distância grande das cidades, por questões de segurança, temos que ver que a Portela pode ser adiada por mais uns anos.
Vejamos o caso da 6ª maior cidade do mundo, São Paulo: Dois aeroportos encravados no meio da cidade, Guarulhos e Congonhas!...
Mudar um aeroporto não é o mesmo que se fazer uma Gares do Oriente a meia dúzia de quilómetros de Santa Apolónia.
O nosso mal é que somos pobres e invejosos, além de vaidosos.
Se vimos um brinquedo nas mão de outra criança, fazemos logo um berreiro, porque também queremos um.
De que nos interessa o TGV, se só vai servir para meia dúzia, porque a maioria não tem dinheiro para isso?
Claro que quando me refiro aos pobres é a maioria, que vive triste e acabrunhada.
Os invejosos e vaidosos, são os políticos, que esbanjam, à custa do sofrimento do povo.
Para que é que nos servem dois submarinos, se nem navios de superfície temos para combater o contrabando de droga, que entra pelo mar?
Talvez porque no "fundo" os nossos políticos se sintam melhor.
No fundo não há luz e as manobras passam mais despercebidas.

Re: Aeroporto: Governo quer solução Portela + 1
Porque não Portela+Beja ???? Não chega ainda ???
Caso contrário para que serve o de Beja ???
Desculpem a minha estupidez...
Re: Aeroporto: Governo quer solução Portela + 1
Por estas e outras é que o País não anda.
Primeiro gastaram dinheiro a rodos nos estudos e projectos da ota, ficou em aguas de bacalhau, depois foi Alcochete, igual, agora la vem mais uma Portela mais um, só estudos e projectos e tanta conversa, já dava para estar contruido meio Aeroporto.

Por estas e outras assim parecidas, é que este Pais não anda para a frente.
Portela + 1 + dois + 3 ou mais 4-Solução:
...é para já...
1-portela para aviões da TAP quando esta for vendida a outra companhia qulquer.!
2- Em homenagem ao ministro da economia, o aeródromo de TIRES, passa a chamar-se AEROPORTO ÁLVARO PEREIRA e será dedicado aos voos da EASYJECT... se um dia destes esta empresa não for á falencia...
3-Montijo (base aérea), arranja-se lá um cantinho e constroi-se uma aerogare civil... sem farda... para utilização da IBÉRIA, SE ENTRETANTO NÃO FOR COMPRADA PELA LUFTHANSA.!
4-AUTÓDROMODO DO ESTORIL (como toda a gente sabe aquilo está sempre ás moscas)... e como já tem boas "PISTAS", é só montar lá um bar, um banco (ou multibanco!?), um URINOL E UMA CAGADEIRA (podem ser daquelas da SANESTE (passe a publicidade) que são uns monoblocos e até podem trabalhar com moedas e já dará para ir pagando as despesas de manutenção do aeroportuzinho... que poderá servir TODAS AS RESTANTES companhias aéreas, pois é para lá que Ingleses, Suecos, Russos, Croatas, bósnios, etc, gostam de ir morar... linha de Cascais..
E assim ficavamos bem servidos, seria o chamado UM EM QUATRO (similar ao 4 em 1).
depois constroi-se um metropolitano (tipo Porto ou Almada), para a derrapagem ser grande, para fazer as ligações entre os 4, pois caso contrário como é que um passageiro que leva o carro para o aeroporto 1 e vai a Paris, Funchal, Ponta Delgada, Madrid, etc., regressando no mesmo dia ou no dia seguinte á noite, consegue ir buscar o carro que deixou no aeroporto 1 mas quando aterrou foi no 4? ...
Portela mais MEIA DÚZIA...
...SAI-NOS CADA UM... ONDE ESTAVA ESTE MINISTRO FANTÁSTICO!??? O homem descubriu a pólvora económica... ou seja:
Portela mais um....
Minas de ouro (ele tinha os mapas escondidos dos antepassados-oh Basilio, olha este hein!!!!)...
Minas de ferro de Torres Moncorvo (foi o Alvaro que as descobriu de um dia para o outro-mas penso que já o Basilio Horta estava com o assunto tratado... ou não?)..
Nova ponta sobre o Tejo-Algés-Trafaria, por cima da água, daquelas que os militares usam... depois monta-se um sistema que encolha e estique a ponte, para que os navios passem de um lado para o outro... ou muda-se o porto de Lisboa para Cascais (OH SR. MINISTRO, PENSE NISTO... OLHE QUE ATÉ DAVA E TALVEZ FOSSE ALTERNATIVA A SINES!!!!???
Já agora Sr. ministro da economia !!!??? porque não volta para onde veio??? e nos deixa os nossos impostos em paz???
Dizem que o senhor era um bom!!!??? académico... olhe que o Louçã tambem é catedrático e dá cada lição de economês que até dá para perguntar se ele ensina assim os alunos qual a razão de eles não seguirem os seus conselhos????
Está muito mau tempo hoje, esperemos que a chuva continue mas com calminha...
Não vale a pena...
Não vale a pena...até porque os turistas vão fugir daqui,ninguém vai querer passar férias num país afundado e sem segurança.
Comentários 27 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub