Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Uma paródia à crise mundial

  • 333

Com meio mundo literalmente deprimido por causa da crise económica, os humoristas aproveitam o tema e arrancam gargalhadas ao falar da queda das bolsas e do mercado financeiro. (Veja o vídeo no fim do texto)

Em tempo de crise, parodiar pode ser o melhor remédio. Sabedores desde sempre desta teoria, os humoristas não perderam a oportunidade desencadeada pela crise financeira à escala global para brincar um pouco com a queda das bolsas e a falta de dinheiro.

Um dos exemplos mais recentes foi dado pelos ingleses John Bird e John Fortune, que no programa "The Last Laugh" (A Última Gargalhada) utilizam os termos técnicos e sérios do mundo da economia para arrancar boas gargalhadas aos mais deprimidos com a situação económica mundial.