Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Solidariedade no Facebook para ajudar menina com leucemia

Depois de vários tratamentos de quimioterapia, Marta precisa de um transplante de medula óssea para viver. Uma conta no Facebook lança o apelo.

A vida da pequena Marta, de quatro anos, mudou em Fevereiro quando descobriu que sofria de leucemia. Depois de vários tratamentos de quimioterapia, a menina precisa agora de um transplante de medula óssea para viver.

Na impossibilidade de arranjar dador entre a família, tanto os pais como a irmã mais velha e a mais nova, nascida há 15 dias, foi lançado um pedido de ajuda na Internet.

Um amigo do pai lembrou-se de criar uma conta no Facebook - chamada 'Ajudar a Marta' - que ao fim de cinco dias conta já com quase cinco mil pessoas associadas à causa. "Com o Facebook temos a noção desta mega rede de solidariedade, porque com os e-mails não temos o mesmo feedback", revela ao Expresso Maria João Dray, a tia da criança.

O objectivo da campanha é não só tentar arranjar um dador compatível mas também sensibilizar a população para a importância de se doar medula óssea. "Hoje em dia é mais simples do que ser dador de sangue. O risco de físico do dador decorre apenas de uma colheita de sangue", diz Maria João.

A partir do apelo já há instituições, escolas e empresas que organizaram centros de recolha para quem quiser ser dador.