Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Sócrates anuncia requalficação da EN125 e novas auto-estradas

O primeiro-ministro, José Sócrates, anunciou hoje, no Parlamento, que em Março serão lançadas a requalificação total da Estrada Nacional 125 no Algarve e novas concessões de auto-estradas entre Coimbra e Viseu e na zona de Leiria.

A requalificação total da Estrada Nacional 125 no Algarve e as novas concessões de auto-estradas entre Coimbra e Viseu e na zona de Leiria vão ser lançadas em Março, anunciou o primeiro-ministro.

José Sócrates revelou a execução destas obras após uma pergunta formulada pelo líder parlamentar do PS, Alberto Martins, durante o debate quinzenal.

Depois de um debate aceso travado com o líder da bancada do PSD, Pedro Santana Lopes, o chefe do Governo provocou alguns risos no hemiciclo, sobretudo em bancadas da oposição, quando comentou desta forma a questão que lhe fora colocada sobre o plano rodoviário nacional pelo seu "camarada" Alberto Martins: "finalmente uma pergunta".

De acordo com José Sócrates, "a prioridade das prioridades para o Governo é a construção da auto-estrada entre Bragança e Vila Real".

"Bragança é o único distrito do país sem auto-estrada. Por isso, esta é a auto-estrada da justiça", disse, referindo ainda que o executivo avançará com a construção do itinerário principal entre Celorico da Beira (distrito da Guarda) e Bragança.

Em Março, segundo José Sócrates, o Governo lançará a concessão para a requalificação da Estrada Nacional 125, que atravessa todo o distrito de Faro, sendo a futura obra executada de uma só vez e não por troços.

"A requalificação da Estrada Nacional 125 contribuirá para a requalificação do Algarve", afirmou, referindo que esta região é o principal destino turístico do país.

No entanto, o primeiro-ministro invocou também razões de segurança para a execução desta obra no Algarve, já que a Estrada Nacional 125 "é um dos pontos negros do país em termos de sinistralidade".

Também no mês de Março, de acordo com o calendário avançado pelo chefe do Governo, o executivo lançará as concessões para a ligação entre as auto-estradas A8 e A1 na zona da Leiria, que se chamará concessão do litoral Oeste, e para a construção da auto-estrada entre Coimbra e Viseu - obra que Sócrates considerou "fundamental" para o desenvolvimento do país.

Já em resposta ao vice-presidente da bancada socialista Mota Andrade, Sócrates disse que em 2012 "75 por cento do Plano Rodoviário Nacional estará concretizado".

Para além das matérias relacionadas com obras públicas, o presidente do Grupo Parlamentar do PS aproveitou para responder a uma anterior intervenção de Pedro Santana Lopes no debate.

Alberto Martins negou que tenha existido da parte do PS ou do Governo qualquer atraso na aprovação de diplomas integrados no pacto de justiça - acordo político celebrado entre socialistas e sociais-democratas.

Segundo a versão do líder da bancada socialista, que contrariou a de Santana Lopes, o diploma referente à revisão da lei orgânica da Polícia Judiciária apenas não foi ainda aprovado "porque o PSD exigiu que a sua discussão fosse feita em simultâneo com a lei de segurança interna".

  • Debate arranca com perguntas do PSD

    O primeiro-ministro, José Sócrates, vai hoje ao Parlamento, para mais um debate quinzenal com os deputados, desta vez iniciado pelo PSD, que indicou sete temas para a discussão.