Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

"Só posso concluir que o PM mentiu"

José Eduardo Moniz afirma que José Sócrates mentiu, no Parlamento, quando disse desconhecer o negócio com a Portugal Telecom (PT) e, depois, disse saber dele "informalmente".

Rosa Pedroso Lima (www.expresso.pt)

José Eduardo Moniz, ex-director geral da TVI, afirmou aos deputados da comissão de inquérito que José Sócrates mentiu, no Parlamento, quando disse desconhecer o negócio com a PT e, depois, disse saber dele "informalmente". "Se tinha conhecimento e disse que não tinha, só posso concluir que mentiu", disse.

 

"Parto do princípio que o primeiro-ministro não despe o fato de chefe do Governo conforme as suas conveniências", disse José Eduardo Moniz ao deputado socialista, Manuel Seabra, que o questionava sobre o "conhecimento que tinha" o director geral sobre se José Sócrates conhecia, ou não, o negócio de compra da TVI pela PT. "Nós não somos íntimos, como toda a gente sabe", ironizou Moniz, garantindo, porém que, se Sócrates conhecia "informalmente" o negócio, como o afirmou, "é lógico" que "não podia dizer que o desconhecia".



Ao longo de quase duas horas de depoimento, o responsável da TVI ao longo de 11 anos, fez questão de sublinhar o "clima de tensão insuportável" e as pressões sofridas para alterar a linha editorial da informação da estação televisiva.