Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Semanário Expresso disponível nas escolas

Acordo entre Ministério da Educação e Impresa vai permitir aos professores ter acesso a mais de um milhão de páginas de jornais e revistas do grupo.

Aceder à edição da semana passada do Expresso ou consultar uma notícia saída há 10 anos e pesquisar textos em publicações já desaparecidas, como a Capital ou o Jornal, são algumas das possibilidades que qualquer professor tem a partir de agora.

Ao todo, são mais de 1,2 milhões de páginas de jornais e revistas que ficam disponíveis no Portal das Escolas e que poderão ser trabalhadas na sala de aula, bastando aos professores registarem-se nesse site.

O acesso ao arquivo digital das publicações da Impresa resulta de um acordo, apresentado hoje, entre este grupo de comunicação social, a que pertence o Expresso, e o Ministério da Educação. "A partir de agora, fica disponível nas escolas um capital de informação muito relevante, que vai permitir aos professores e alunos trabalhar de forma completamente diferente e enriquecer o seu trabalho", destacou a ministra Isabel Alçada.

A base de dados da Gesco (Gestão de Conteúdos e Meios de Comunicação do Grupo Impresa) inclui artigos de publicações históricas, como "A Capital", o "Jornal", "Sete" e o "Jornal da Educação" até jornais e revistas ainda em circulação como o "Expresso", a "Visão" ou o "Jornal de Letras".

Futuramente, os professores irão ainda ter acesso a vídeos da SIC e da RTP.