Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Seguro desafia Passos a dizer quem paga dívida da Madeira

António José Seguro desafiou o primeiro-ministro a esclarecer quem vai pagar a "irresponsabilidade" do governo madeirense na gestão dos dinheiros públicos e acrescentou que "os bebés da Madeira já nascem endividados".

O secretário-geral do PS, António José Seguro, desafiou hoje o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, a esclarecer quem vai pagar a "irresponsabilidade" do governo regional madeirense na gestão dos dinheiros públicos, quando a Madeira está na bancarrota.

"Esta pergunta - quem paga - é dirigida ao primeiro-ministro de Portugal. Quem paga a irresponsabilidade da dívida que existe aqui na Madeira, da exclusiva responsabilidade do seu partido, o PSD, aqui na Madeira?", questionou o líder socialista, no encerramento da Festa da Liberdade, organizada pelo PS da Madeira, no Montado do Pereiro.

Referindo que a dívida da Madeira é de oito mil milhões de euros, António José Seguro disse que "os bebés daqui [região autónoma] já nascem endividados".

Seguro não tem vergonha, mas Passos tem

O secretário-geral do PS disse também não ter vergonha de participar na festa anual dos socialistas na Madeira, numa crítica à ausência de Pedro Passos Coelho na festa do PSD que decorreu naquela ilha no final de julho.

"Vim prestar solidariedade aos socialistas madeirenses, eu não tenho vergonha de vir apoiar os socialistas da Madeira, nem venho no último dia de campanha à Madeira", disse António José Seguro à chegada ao Montado do Pereiro, onde hoje decorre a festa da Liberdade.

Seguro considerou Maxiamiano Martins um excelente candidato à presidência do governo regional nas eleições de 9 de outubro.