Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Sampaio: "É preciso mudarmos todos de atitude" (vídeo)

Jorge Sampaio afirmou que «precisamos de ética e não de especulação criminosa»

Alberto Frias

Ex-Presidente Jorge Sampaio foi o primeiro a discursar em cerimónia inédita do 25 de Abril no Palácio de Belém. (Vídeo SIC no fim do texto)

Martim Silva (www.expresso.pt)

O antigo Presidente da República Jorge Sampaio foi o primeiro a tomar a palavra hoje nas cerimónias do 25 de Abril realizadas no Palácio de Belém.

Jorge Sampaio centrou a sua intervenção na necessidade de uma mudança de atitude. De todas as partes e não apenas dos políticos. E também falou da situação política actual e da necessidade de acordos e consensos.

Aqui ficam as principais ideias deixadas por Sampaio:

"Mais grave que os nossos problemas é a sua longa persistência, é o seu arrastamento e a sua degeneração. Reconhecer isso é a primeira condição de um agir consequente. Este é o tempo de mudarmos todos radicalmente de atitude", afirmou Sampaio.

"O nosso primeiro dever é tornarmos a nossa democracia mais viva"

"O dever de renovarmos a democracia não pertence apenas aos políticos, também os cidadãos em geral têm de assumir esse dever como seu"

"Temos de aumentar e melhorar a qualidade da nossa democracia"

"Encarar a situação de frente é indispensável"

"Necessitamos de mais rigor e menos desperdício. Mais rigor e menos miragem"

"Temos de olhar para o país com sentido mais agudo de responsabilidade partilhada. Só assim é possível os compromissos necessários, os pactos de regime que a gravidade da situação exige"

"Esta crise exige-nos mais do que estamos à espera"

"Vamos ter de pôr as contas em ordem e crescer o necessário para criar emprego"

"Precisamos de ética e não de especulação criminosa"

"Precisamos de políticos com voz própria e autoridade moral"

"Precisamos de ideais, valores e causas"