Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

PSD recusa falar noutros cenários políticos

  • 333

Secretário geral do PSD, Miguel Relvas, rejeitou comentar a entrevista ao Expresso do ministro do Negócios Estrangeiros, Luís Amado, argumentando não ser oportuno falar noutros cenários políticos uma vez que o país precisa de estabilidade.

O secretário geral do PSD, Miguel Relvas, disse hoje que não é oportuno nem adequado falar noutros cenários políticos, considerando que o país precisa de estabilidade.

"Este Governo tem e vai ter um orçamento aprovado, esse orçamento foi viabilizado em nome do interesse nacional (...) e ainda não está aprovado e já se está a querer falar em outros cenários em outras circunstâncias. Não me parece nem oportuno nem adequado", afirmou Miguel Relvas, em Pombal, onde participou no Congresso de Jovens Autarcas da JSD.

Recusando comentar a entrevista ao Expresso do ministro do Negócios Estrangeiros, Luís Amado, que defendeu que o país precisa de uma coligação já, o secretário geral do PSD esclareceu: "Eu não vou comentar declarações de ministros que levam a que exista uma crise política e a mudança de governos".