Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Português a andar de skate faz furor na Web (vídeo)

  • 333

Chama-se Hélio, foi filmado pelos amigos a descer uma estrada de skate. A cena tem apenas 49 segundos mas está a tornar-se o vídeo mais visto de Portugal no YouTube e era hoje o 12º mais partilhado do mundo.

Tiago Oliveira (www.expresso.pt)

É a sensação do momento no mundo online português, mas chegou já ao top mundial do YouTube. Um vídeo colocado ontem nesta rede social por um grupo de amigos das Caldas da Rainha chegou ao 15º lugar dos mais vistos na Web e está a provocar uma autêntica corrida aos monitores. Mais de 400 mil pessoas já viram as imagens do "intrépido" Hélio, o skater que se está inclusive a tornar rapidamente numa das personagens mais populares no Facebook e Twitter.

Poucos conceitos poderiam ser mais simples: um homem está a descer, de forma periclitante, uma estrada em cima de um skate quando, pouco depois de se desviar de um carro em sentido contrário, resvala para a berma da estrada e cai no meio da vegetação. O que vai dizendo no percurso e os riso dos que o estão a filmar fazem o resto.

O sucesso do vídeo junto dos utilizadores foi quase instantâneo, tendo subido (na altura em que este texto foi escrito) ao 12º posto dos vídeos-virais mais vistos e partilhados do mundo, de acordo com o site Viral Vídeo Chart, onde é a única entrada nacional no top 100. Em pouco mais de um dia, já originou, igualmente, uma página de Facebook (na conta com o nome "Hélio Imaginário a quem o medo não assiste"), com perto de dez mil fãs no momento em que se escrevia este texto, além de estar a popularizar algumas citações proferidas por Hélio, tais como, "o medo é uma cena que a mim não me assiste" e "sai da frente Guedes".

O fenómeno continua a atrair cada vez mais visitas e, a manter-se o ritmo inusitado, ameaça tornar-se o vídeo-viral português mais visto de sempre.

O Expresso falou com o protagonista do vídeo, para tentar perceber como está a lidar Hélio com a fama repentina, no entanto, o estudante das Caldas da Rainha preferiu não fazer comentários.

Recorde dois dos vídeos-virais portugueses mais vistos