Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Portugal tem apenas 2 milhões de católicos praticantes

Num país de mais de nove milhões de católicos, apenas uma pequena parte dos fiéis vai à missa, segundo os Censos de 2001. 

Portugal tem mais de nove milhões de católicos, mas os praticantes não ultrapassam os dois milhões de fiéis, segundo dados da Igreja Católica que, contudo, datam de 2001, altura em que foi feito o último recenseamento.

Os mesmos dados indicam que a percentagem de católicos portugueses é de 89,9 por cento (9,35 milhões), enquanto que o número total de praticantes não atingia, nessa data, os dois milhões.

Estas estatísticas têm por base o Censos de 2001 e só deverão ser atualizadas em 2011, quando for feito novo recenseamento.

O Censos da prática dominical, que data de 2001, refletiu uma diminuição progressiva do número de crentes nas igrejas portuguesas.

Número de praticantes a diminuir

O número de fiéis nas missas dominicais católicas em Portugal baixou 14 por cento em relação a 1991, correspondendo a uma diminuição de 310 mil pessoas, relativamente ao recenseamento do género que foi feito 25 anos antes, em 1977.

Nesse recenseamento de âmbito nacional à prática dominical, realizado em fevereiro de 1977, tinham sido contabilizados 2434 mil praticantes, correspondentes a 29 por cento da população portuguesa.

Em 2001, os dados revelaram uma diminuição para 1,933 milhões.

Isto significa que, em 25 anos, a igreja católica terá perdido mais de meio milhão de fiéis que participavam regularmente nas eucaristias dominicais.

À espera de novos dados em 2011

No seguimento da revelação destes números, em 2002, a Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) apelou aos católicos para revalorizarem as eucaristias dominicais.

Conforme disse à agência Lusa o sociólogo Marinho Antunes, que trabalhou no tratamento dos dados do recenseamento de 2001, estes números foram divulgados pelas dioceses e milhares de paróquias portuguesas, com vista a "uma reflexão interna".

Marinho Antunes adianta que só após o Censos de 2011 é que se saberá se a resposta encontrada para o regresso dos fiéis às eucaristias dominicais produziu resultados positivos.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***