Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Passos arrasa Sócrates em entrevista a jornal espanhol

Um dia depois de se mostrar disposto a colaborar com José Sócrates para ajudar o país, Passos Coelho afirma, em entrevista ao "ABC", que o PM "perdeu credibilidade e capacidade política" e que, com ele, o PS não ganhará mais eleições.

Ângela Silva (www.expresso.pt)

"Creio que dificilmente com José Sócrates o PS voltará a ganhar a confiança dos portugueses", afirma pedro Passos Coelho numa entrevista hoje publicada no jornal espanhol "ABC", onde o líder social-democrata diz que o primeiro-ministro perdeu "credibilidade e capacidade política".

"O PS não tem para o país uma esperança de futuro (...) e as pessoas não conseguem identificar com o Governo uma bandeira reformadora importante", acusa o líder do PSD.

Passos Coelho diz ao jornal espanhol que "dá a impressão que o primeiro-ministro se desorientou com a crise económica e social" e, alerta, quando isso acontece, "perde-se a capacidade criativa e deixa-se de ter cumplicidade com o eleitorado".

"A decepção dos portugueses impulsionará um novo resultado eleitoral, desta vez do lado do PSD", conclui Passos Coelho, garantindo não desejar uma crise política em Portugal mas estar a "preparar o PSD para regressar ao poder".

Hoje, numa visita à Ovibeja, o presidente do PSD aproveitou para deixar claro que rejeita a formalização de qualquer Governo de Bloco Central e esclareceu que a sua disponibilidade para dar a mão ao Governo do PS destina-se, apenas, a "dar a mão ao país".