Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Palestina: sem fim da colonização não há negociações com Israel

"Não haverá negociações sem legitimidade internacional ou sem a cessação completa da colonização" de Israel, afirmou o presidente palestiniano.

O presidente palestiniano, Mahmoud Abbas, reafirmou hoje que não vai retomar as negociações com Israel sem uma "cessação completa" da colonização israelita em território palestiniano. "Não haverá negociações sem legitimidade internacional ou sem a cessação completa da colonização" de Israel, disse Abbas diante de milhares de simpatizantes em Ramallah, na Cisjordânia. Abbas chegou hoje à Palestina vindo de Nova Iorque, onde apresentou na sexta-feira um pedido histórico de adesão do Estado da Palestina como membro de pleno direito das Nações Unidas. O pedido formal, que conta com a oposição de Israel e dos Estados Unidos, foi feito através de uma carta, entregue antes de o presidente da Autoridade Palestiniana discursar na Assembleia-Geral da ONU.

Aplausos de milhares de simpatizantes

Os palestinianos pretendem que seja reconhecido um Estado palestiniano na Cisjordânia, faixa de Gaza e Jerusalém Oriental. Na chegada à Cisjordânia, Mahmoud Abbas foi aplaudido hoje por milhares de simpatizantes. Na Mouqataa, sede da presidência da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas dirigiu-se de imediato para o túmulo de Yasser Arafat, o histórico ex-chefe do movimento nacional palestiniano, segundo a agência de notícias France Presse.