Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Obstetra confirma gravidez de transsexual

Programa de Oprah Winfrey provou que o transsexual americano Thomas Beatie está mesmo grávido. Os telespectadores puderam ouvir os batimentos cardíacos do feto e ver as ecografias. (Veja os vídeos no final do texto)

Maria Luiza Rolim

Não restam dúvidas. Thomas Beatie, um cidadão norte-americano de 34 anos, casado, está grávido de seis meses. Em declarações durante o programa de Oprah Winfrey no canal ABC na passada quinta-feira, a obstreta Kimberley Jones - que acompanha o transsexual - confirmou que "a gravidez é perfeitamente normal" e que o feto é saudável.

Em entrevista à apresentadora norte-americana, Beatie explicou porque decidiu engravidar, apesar da oposição de oito médicos, de familiares e de amigos.

Como o Expresso noticiou dia 27 de Março, na edição electrónica, o transsexual resolveu engravidar, através de inseminação artificial de dador anónimo, porque a sua mulher, Nancy, não pode ter filhos.

Foto retirada do site "The Oprah Winfrey Show"

"Milagre", disse ele

Beatie - que antes de mudar de sexo foi coroada 'Rainha da Beleza' no Havai - anunciou a sua gravidez no final de Março, em entrevista à revista norte-americana de gays e lésbicas 'The Advocate'. Exibia, então, uma barriga pronunciada de cinco meses de gestação.

A notícia caiu como uma bomba nos meios mais conservadores. Houve mesmo quem duvidasse da sua veracidade, levantando a hipótese de que a fotografia que ilustrava a notícia tivesse sido manipulada digitalmente.

Para os incrédulos era impossível que Beatie - que tem cara de homem, barba e pelos nas axilas - estivesse grávido. Para os mais radicais trata-se de uma aberração.

No programa de Oprah, Beatie disse que se trata de um "milagre". O que aparentemente é difícil de compreender foi explicado pelo próprio. Beatie mudou de sexo há oito anos, submeteu-se a uma mamoplastia (para retirar as mamas), tomava hormonas e mudou de sexo também legalmente. Contudo, do ponto de vista biológico, continuou com plena capacidade para procriar, por não ter retirado o útero.

Há cinco anos, Beatie e Nancy, que já viviam juntos, casaram-se legamente. A mulher, já tinha duas filhas - Amber e Jen, que levou ao talk-show -, não podia voltar a engravidar. E como ambos desejavam um filho biológico, Beatie prontificou-se a engravidar por ela.

No programa de Oprah, viram-se imagens da ecografia e foi possível ouvir-se os batimentos do coração da menina que vai nascer em Julho. (Veja os vídeos do programa de Oprah Winfrey no final do texto)

  • Transsexual no quinto mês de gravidez

    Thomas Beatie, um transsexual norte-americano que trocou de sexo há oito anos passando a ser legalmente homem e está casado com uma mulher, anunciou que está grávido. A menina nasce em Julho.