Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

"O pior palavrão começado por F é fome" (vídeo)

  • 333

ONG dirigida por Bono Vox, a One International, lançou uma campanha que junta várias celebridades a exigirem ação governamental na próxima cimeira do G20 para mitigar a fome no Corno de África.

Tiago Oliveira (www.expresso.pt)

Só nos últimos três meses deste ano, dezenas de milhares de vidas perderam-se na área geográfica do Corno de África devido à fome que assola esta zona, uma das mais pobres do mundo. Afetada pelas piores cheias dos últimos seis anos e com uma situação explosiva na Somália e noutros países da região, as populações que dependem da agricultura para não morrer à fome veem a sua sobrevivência ameaçada.

A ONU estima mesmo que a vida de 750 mil africanos está ameaçada pela questão da fome. Como tal, e tendo em conta a aproximação da cimeira dos países do G20, que se vai realizar em novembro, a One International, a organização não-governamental criada por Bono Vox, lançou uma campanha publicitária para pressionar os Governos mais poderosos do mundo a atuarem relativamente à fome no Corno de África e, consequentemente, no mundo.

Participe e pressione

A campanha tem o nome de, "O pior palavrão começado por F é fome" ou, em inglês, "The F Word - Famine is the Real Obscenity" e gira à volta do conceito de que a palavra fome devia merecer a mesma reação e o mesmo tratamento que as outras asneiras começadas por F recebem. No vídeo, incluem-se participações de Jessica Alba, Clive Owen, Ewan McGregor, Vincent Cassel, do próprio Bono Vox e de George Clooney, também uma das personalidades mais envolvidas em esforços humanitários para acabar com a fome a pobreza, sobretudo na zona de África. O principal objetivo da campanha da One International é levar as pessoas a indignarem-se com a situação sub-humana em que vive a população, não só do Corno de África mas também de todo o mundo.

Procura de uma solução

As celebridades exortam no vídeo as pessoas a acederem ao site da One International e assinaram a petição que lá se encontra disponível, para exigir dos países do G20 mais enfoque gravíssimo e, potencialmente explosivo, problema da fome no Corno de África. Criada em 2004 por um grupo de ativistas que incluía o vocalista dos U2, Bono Vox, a One International tem vindo a desenvolver um trabalho de sensibilização para a fome que ainda subsiste no mundo, particularmente no Corno de África. A organização defende que as principais economias do mundo deveriam ter um papel muito mais ativo na erradicação de um problema que consideram que devia envergonhar as sociedades desenvolvidas e que, por falta de ação eficiente, não está a ter uma solução definitiva.

Veja o vídeo da campanha da One International: