Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

O melhor amigo do prospetor

ILUSTRAÇÃO DE BRETT RYDER PARA THE OBSERVER, LONDRES

Um geólogo sueco treina cães para descobrirem jazidas de minérios preciosos e de terras raras. Leia na edição de janeiro do Courrier Internacional, já nas bancas.

Rex, um pastor alemão, rasteja na vegetação a uma velocidade prodigiosa. De repente, fareja qualquer coisa, marca o perímetro de onde provém o odor e, logo a seguir, desenterra um brilhante pedaço de arsenopirite. Contém uma elevada taxa de ouro e Rex sabe reconhecer o mineral pelo cheiro. Um ano de treino intensivo fez dele um verdadeiro cão garimpeiro.

O treinador de Rex, o geólogo Peter Bergman, agradece-lhe e brinca com ele para o recompensar. Se resultar, esta ideia sueca de utilizar cães para procurar minerais pode provocar uma verdadeira revolução no sector mineiro.

Formação para cães e treinadores 

E não é para menos. Peter Bergman recebeu um avultado financiamento da agência governamental sueca Vinnova por esta considerar o treino dos cães prospetores um dos projetos mais promissores dos últimos anos. "Esperamos poder dar início a um curso para cães e respetivos treinadores dentro de meses", afirma Bergman. Esta formação terá lugar em Hällefors [no centro da Suécia], em parceria com os treinadores profissionais da empresa Hundcampus.

Os futuros estudantes, tanto serão geólogos, como tratadores de cães. Estes últimos terão formação em noções básicas de geologia como complemento das técnicas de ensino dos animais. Em teoria, qualquer raça de cão de trabalho serve desde que tenha boa capacidade de assimilação, seja enérgico e tenha espírito cooperativo