Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Novo filme de Manoel de Oliveira selecionado para Cannes

"O estranho caso de Angélica" foi selecionado para a secção "Um certo olhar" do Festival de Cinema de Cannes.

<#comment comment="[if gte mso 9]> Normal 0 false false false MicrosoftInternetExplorer4 <#comment comment="[if gte mso 9]> <#comment comment=" /* Font Definitions */ @font-face {font-family:Tahoma; panose-1:2 11 6 4 3 5 4 4 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:1627421319 -2147483648 8 0 66047 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:""; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-font-family:"Times New Roman";} @page Section1 {size:612.0pt 792.0pt; margin:72.0pt 90.0pt 72.0pt 90.0pt; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} "> <#comment comment="[if gte mso 10]>

"O estranho caso de Angélica", o mais recente filme de Manoel de Olvieira, integra a seleção oficial do Festival de Cannes, que decorrerá em maio em França, foi hoje anunciado. 

De acordo com a programação oficial hoje revelada, "O estranho caso de Angélica" foi selecionado para a secção "Um certo Olhar", na qual está também "Film Socialisme", de Jean-Luc Godard. 

Manoel de Oliveira está a concluir o filme, um projeto que o acompanha desde meados dos anos 1950 e que só agora recuperou. 

Produzido pela Filmes do Tejo, o filme foi rodado na região do Douro, teve um orçamento de 2,5 milhões de euros e apoio do Instituto do Cinema e Audiovisual. 

Filme decorre na década de 1950

Passado na década de 1950, o filme começa com um fotógrafo hospedado num pequeno hotel e que é subitamente acordado durante a noite pelos proprietários, para que vá tirar uma foto à filha acabada de falecer.  

Manoel de Oliveira, com 101 anos, volta assim a marcar presença em festivais internacionais, depois de ter estreado "Singularidades de uma rapariga loura", em 2009, no Festival de Berlim. 

O júri da secção "Um certo olhar" é presidido pela realizadora Claire Denis. 

A 63ª edição do Festival de Cinema de Cannes decorrerá de 12 a 23 de maio. 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do Acordo Ortográfico*** 

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.