Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Netanyahu estende a "mão da paz" aos palestinianos

Primeiro-ministro de Israel sugeriu "encontro imediato" com líder da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, na sua intervenção perante a Assembleia Geral da ONU.

 primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse hoje que pretende "estender a mão" aos palestinianos para uma paz "justa e duradoura", e sugeriu um encontro imediato com o líder da Autoridade Palestiniana na sede da ONU.

"Estamos a milhares de quilómetros das nossas casas, estamos no mesmo edifício. O que nos impede de nos reunirmos hoje e começarmos a negociar? Vamos diretamente" para a negociação, sugeriu durante a sua alocução perante a Assembleia Geral da ONU.

No início da intervenção, que ocorreu pouco depois do discurso do presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, o dirigente israelita garantiu que, "desde a sua fundação, Israel pretende viver em paz" e disse pretender "estender a mão da paz" aos seus vizinhos.