Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Nasceu bebé prematuro mais pequeno do mundo

  • 333

Mulher alemã deu à luz uma bebé com apenas 21 semanas e cincos dias de gestação, igualando o recorde de nascimento mais prematuro do mundo.

Uma mulher alemã deu à luz uma bebé com apenas 21 semanas e cincos dias de gestação, igualando o recorde de nascimento mais prematuro do mundo, anunciou hoje a clínica de Fulda, na Alemanha.

Quando nasceu, a 7 de novembro, Frieda pesava apenas 460 gramas. Cinco meses e meio depois, a bebé já pesa 3,5 quilos e teve alta clínica na passada quarta-feira, adiantou a instituição de saúde em comunicado.

"Na literatura especializada existem registos de prematuros mais leves à nascença, alguns até com peso inferior a 300 gramas, mas não há nenhuma referência de um prematuro mais jovem que Frieda", acrescenta.

Bebé com o mesmo peso em Otava

Há apenas o registo do caso de um bebé que nasceu com 21 semanas e cinco dias de gestação em Otava, no Canadá, em 1987, exatamente como Frieda.

Na 15.ª semana de gravidez, a mãe da bebé foi a uma consulta de rotina e já apresentava contrações, tendo o médico observado que o parto estava iminente. Os médicos conseguiram ainda atrasar dez dias o nascimento da bebé.

Uma criança é considerada prematura quando nasce antes do final do oitavo mês de gravidez. Já um bebé que nasce antes das 24 semanas é considerado uma situação de prematuridade extrema.

Antes da 22.ª semana de gravidez, os médicos neonatologistas consideram que não há nenhuma hipótese de sobrevivência por causa do subdesenvolvimento dos pulmões, coração e cérebro.

Já nos bebés muito prematuros (menos de 32 semanas), existe um risco significativo de sequelas psicomotoras e atraso da linguagem.

Mas um médico que acompanhou o caso de Frieda disse à Agência France Presse (AFP) que, por agora, "não existe nenhum risco (de sequelas) e (a menina) deverá crescer como qualquer criança".

O jornal "Bild" avança na edição de hoje que a bebé tinha um irmão gémeo que morreu poucos dias após o nascimento.