Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Ministro da Educação anuncia exames nacionais no 4º ano

  • 333

No ano letivo de 2012/13, as provas nacionais deverão contar 25% para a nota final dos alunos.

Isabel Leiria (www.expresso.pt)

A partir do próximo ano letivo, todos os alunos do 4º ano vão ter de fazer exames nacionais a Português e Matemática. Tal como vai acontecer para os alunos do 6º já este ano, as provas deverão contar 25% para a nota final e 30% nos anos seguintes. Esta foi uma das medidas hoje anunciadas pelo ministro da Educação, durante a apresentação da versão final da revisão curricular do ensino básico e secundário.

Questionado pelos jornalistas sobre o risco de a introdução de exames neste ciclo de ensino fazer disparar a taxa de chumbos, Nuno Crato explicou que irão ser "pormenorizadas ao longo deste ano um conjunto de medidas de apoio ao estudo" no 1º ciclo. 

Mais tempo de português

Outra das novidades é o reforço do ensino do Português no 12º ano, que passará a ter mais 45 minutos semanais de aulas. O ministro adiantou ainda outras medidas de reforço da autonomia das escolas, como a possibilidade de decidirem qual a duração das aulas em todas as disciplinas. Atualmente, os estabelecimentos de ensino estão limitados a definir aulas de 45 ou 90 minutos. 

Sobre a polémica extinção da disciplina de Formação Cívica, o Ministério da Educação e da Ciência mantem a decisão, mas dá a possibilidade às escolas de atribuírem 45 minutos semanais às questões da Educação para a Cidadania.