Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Manifestação da CGTP contra a troika hoje em Lisboa

  • 333

O secretário-geral da CGTP espera hoje uma grande adesão à manifestação  convocada pela central sindical contra aquilo que considera ser um "programa de agressão" da troika.

Lisboa acolhe hoje uma manifestação convocada pela CGTP-IN, contra aquilo que a estrutura sindical considera ser um "programa de agressão" a que Portugal está submetido pelos credores internacionais e que é representado no Orçamento do Estado para 2013.

Em declarações à agência Lusa, Arménio Carlos, secretário-geral da Confederação Geral de Trabalhadores Portugueses, disse esperar "uma participação muito significativa" na manifestação de hoje, que acontece junto ao Palácio de Belém.

"As nossas expectativas são muito boas. De acordo com as informações que temos, vamos ter uma grande participação de todos os trabalhadores, mas também de outras camadas da população", afirmou Arménio Carlos.

A manifestação em Lisboa acontece uma semana depois de, no Porto, se terem juntado milhares de pessoas, num protesto promovido pela CGTP onde se pediu ao Presidente da República que cumpra a Constituição e vete o Orçamento do Estado para 2013.

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, afirmou, nessa altura, que o Presidente da República, Cavaco Silva, "não tem desculpa para cometer pela segunda vez o mesmo erro" de não vetar o Orçamento do Estado.

"Senhor Presidente, cumpra e faça cumprir a Constituição da República Portuguesa. Tenha coragem e vete este Orçamento do Estado. Para bem dos portugueses e de Portugal", apelou Arménio Carlos, discursando perante milhares de pessoas concentradas na Avenida dos Aliados, no Porto.