Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Mais de duas centenas de escolas ficam por abrir

  • 333

Ministério da Educação confirmou hoje o encerramento, no próximo ano letivo, de mais 239 escolas do 1º ciclo do ensino básico. Ao todo, em sete anos, já encerraram quase quatro mil escolas.

Duzentas e trinta e nove escolas do primeiro ciclo do ensino básico vão encerrar no próximo ano letivo, anunciou hoje o Ministério da Educação em comunicado."Em todos os casos, estes encerramentos decorrem em articulação com as respetivas autarquias, atendendo à melhoria da qualidade do ensino", lê-se no texto.

Os professores dessas escolas estarão "enquadrados nos seus grupos disciplinares e poderão contar com o apoio de outros docentes", acrescenta. O processo de reorganização das escolas irá prosseguir em 2013, refere o comunicado, pelo que deverá ser anunciado o encerramento de mais escolas no próximo verão.

3720 escolas já encerradas

Com este anúncio, o número de escolas do primeiro ciclo encerradas desde o ano letivo 2005/2006 sobe para 3720. No próximo ano estarão em funcionamento 2330 escolas a lecionar até ao quarto ano de escolaridade.

Por regiões, na área abrangida pela Direção Regional de Educação do Norte é onde vão encerrar mais estabelecimentos (126), seguida do Centro (66), Lisboa e Vale do Tejo (33), Alentejo (10) e Algarve (três).

Paredes, com 17 escolas, e Amarante, com 11, ambos no distrito do Porto, são os dois concelhos que perdem mais estabelecimentos de ensino.

Os alunos das escolas que encerram serão transferidos para centros escolares ou outros estabelecimentos "com infraestruturas e recursos que permitem melhores condições para o seu sucesso escolar", considera o Ministério da Educação.