Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Investigadores terão encontrado restos da Arca de Noé

Descoberta remonta a outubro de 2009 e foi feita por um grupo de investigadores de Hong Kong e Turquia.

Um grupo de investigadores de Hong Kong e da Turquia descobriu, no monte Ararat, na Turquia, amostras de madeira com 4800 anos que, segundo julgam, poderão pertencer à Arca de Noé, uma tese que está a ser estudada.

A equipa, formada por seis investigadores de Hong Kong e outros nove da Turquia e que conta com o apoio do Governo turco, revelou no domingo na ex-colónia britânica que descobriu, em outubro de 2009, durante as escavações no monte Ararat, um pedaço de madeira com 38 milímetros que terá cerca de 4800 anos, segundo os resultados das análises realizadas.

De acordo com Yeung Wing-Cheung, um dos investigadores, a idade da amostra de madeira coincide com a data de construção da Arca de Noé apontada pela Bíblia.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.