Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Filme de Scorsese é o mais nomeado para os Óscares

"A Invenção de Hugo" - um filme juvenil, o primeiro de Martin Scorsese em 3D - obteve 11 nomeações para os Óscares. (Veja os trailers no final do texto) 

O filme "A Invenção de Hugo", do realizador Martin Scorsese, lidera a corrida para os Óscares com 11 nomeações, anunciou hoje a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

O filme, que valeu a Martin Scorsese o Globo de Ouro de melhor realizador, é uma adaptação do livro "A invenção de Hugo Cabret", do escritor norte-americano Brian Selznick, e apesar de recorrer ao 3D é uma homenagem aos primórdios do cinema, em particular a George Meliès.

É a primeira produção de Martin Scorsese em 3D. Entre as nomeações que obteve destacam-se as das categorias de Melhor Filme e Melhor Realização.

"A Invenção de Hugo" tem estreia marcada em Portugal para 16 de fevereiro com o título "A Invenção de Hugo".

Sete vezes nomeado para melhor realizador, Martin Scorsese venceu apenas uma vez em 2007 com "The Departed - Entre Inimigos".

A Academia anunciou hoje os nomeados nas 24 categorias, mas na de melhor filme foram revelados apenas nove filmes e não dez como nos anos anteriores.

Nomeados para melhor filme

Para melhor filme estão nomeados "War Horse", de Steven Spielberg, "O Artista", de Michel Hazanavicius, "Moneyball - Jogada de Risco", de Bennett Miller, "A Árvore da Vida", de Terrence Malick, "Os Descendentes", de Alexander Payne, "Meia-Noite em Paris", de Woody Allen, "As Serviçais", de Tate Taylor, "A Invenção de Hugo" de Martin Scorsese, e "Extremamente Alto, Incrivelmente Perto", de Stephen Daldry.

Para o Óscar de Melhor Realização, além de Martin Scorsese, estão nomeados Michel Hazanavicius, Alexander Payne, Woody Allen e Terrence Malick.

Nomeados para Melhor Realização

Para o Óscar de Melhor Realização, além de Martin Scorsese, estão nomeados Michel Hazanavicius, Alexander Payne, Woody Allen e Terrence Malick.

"O Artista", filme francês mudo e a preto e branco, tem sido um dos filmes mais nomeados e premiados nos últimos meses, está indicado para 10 Óscares, incluindo melhor realização e interpretação masculina, para o ator francês Jean Dujardin.

Na categoria de melhor ator estão ainda nomeados George Clooney ("Os Descendentes"), Gary Oldman ("A Toupeira"), Brad Pitt ("Moneyball - Jogada de Risco") e o mexicano Demián Bichir ("A Better Life").

Entre as mulheres estão nomeadas Meryl Streep ("A dama de ferro"), Glenn Close ("Albert Nobbs"), Viola Davis ("As serviçais"), Rooney Mara ("Millenium 1 - Os homens que odeiam as mulheres") e Michelle Williams ("A minha semana com Marylin").

17º nomeação de Meryl Streep

Esta é a 17ª vez que Meryl Streep está nomeada para os Óscares, como atriz principal e secundária, tendo ganho apenas por duas vezes: Em 1979, com "Kramer Contra Kramer", e em 1982 com "As escolhas de Sofia".

Para melhor filme estrangeiro em língua não inglesa, estão nomeados "Rundskop" (Bélgica), "Hearat Shulayim" (Israel), "In Darkness" (Polónia), "Monsieur Lazhar" (Canadá) e "Uma Separação" (Irão).

Na animação foram nomeados "Une vie de chat", de Alain Gagnol e Jean-Loup Felicioli, "Chico & Rita", de Fernando Trueba e Javier Mariscal, "O Panda do Kung Fu 2", de Jennifer Nelson, "O Gato das Botas", de Chris Miller, e "Rango", de Gore Verbinski.

De fora desta categoria ficou "As aventuras de Tintin: O segredo do Licorne", de Steven Spielberg e produzido por Peter Jackson.

A cerimónia da 84ª. edição dos Óscares decorrerá a 26 de fevereiro no Teatro Kodak, em Los Angeles, Califórnia.

~