Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Fidel critica governação do irmão

Fidel Castro critica o Governo do irmão, acusando alguns governantes de só se preocuparem em satisfazer as vontades do povo, apesar da frágil situação económica.

Fidel Castro está afastado da liderança do país, mas hoje criticou o Governo do irmão Raúl, acusando alguns membros do Estado de estarem "preocupados em satisfazer as vontades e os sonhos do povo, sem terem em conta a situação económica". 

O antigo líder cubano - deixou de ser Presidente em Fevereiro, no entanto, ainda se mantém como secretário-geral dos comunistas  -, disse numa nova reflexão, publicada no Gramma, o órgão de propaganda oficial do Partido Comunista Cubano, que é preciso mais "disciplina" no Estado cubano.

"Dentro do Estado é preciso uma disciplina rigorosa e uma ordem absolutamente racional das prioridades, sem haver medo do que deve ou não fazer-se e partindo sempre do princípio de que nada é fácil", disse o ainda secretário-geral dos comunistas cubanos.

Em Agosto e Setembro, os furacões Gustav e Ike arrasaram Cuba e deixaram a já fraca economia do país ainda mais frágil.