Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Eurosondagem: PSD com três pontos de vantagem sobre o PS

Sociais-democratas não descolam e maioria absoluta com o CDS está longe de estar garantida.

O PSD lidera as intenções de voto dos portugueses, mantendo a vantagem de três pontos sobre o PS.

Em terceiro lugar na sondagem da Eurosondagem para o Expresso, SIC e Rádio Renascença aparece o CDS, com 11,% das intenções de voto.

Mais atrás estão a CDU e o Bloco de Esquerda, com os bloquistas a continuarem a sua tendência de queda, já verificada na sondagem anterior.

Quanto a maiorias para governar, caso os resultados de 5 de junho fossem estes, PSD e CDS não teriam garantida a maioria absoluta, embora haja uma possibilidade real de a conseguirem.

Outra possibilidade seria um bloco central entre socialistas e sociais-democratas, que nesta altura aparecem totalmente de costas voltadas.

Estudo de opinião efetuado pela Eurosondagem, S.A. nos dias 28 de abril a 3 de maio de 2011, tendo como universo a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal Continental. Entrevistas diretas e pessoais, realizadas por entrevistadores selecionados e supervisionados, em 20 freguesias de Portugal Continental escolhidas de modo a que, no seu conjunto, o resultado verificado nas últimas eleições para a Assembleia da República se aproxima do resultado nacional. Aos entrevistados foi apresentado um boletim de voto, sendo-lhes solicitado que assinalassem, no mesmo, a sua intenção de voto e que o colocassem na urna fechada de que o entrevistador dispunha para o efeito. Foram efetuadas 2525 tentativas de recolha de voto, e destas 477 (18,9%) não aceitaram colaborar no estudo. Foram validadas 2048 respostas, correspondentes a 81,1%, que constituem a amostra, distribuídas, em termos geográficos, por: Região Norte, 20,6%; A.M. do Porto, 15,1%; Região Centro, 28,9%; A.M. de Lisboa, 25,6%; e Região Sul, 9,8%. O erro máximo da amostra é de 2,17%, para um grau de probabilidade de 95,0%. Um exemplar deste estudo de opinião está depositado na Entidade Reguladora para a Comunicação Social.