Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

EUA instalam bases secretas na Etiópia e Seychelles

O objetivo dos Estados Unidos é intensificar luta com "drones" contra a Al-Qaeda da Península Arábica e o grupo Al-Shabab.

Paulo Gaião (www.expresso.pt)

A administração norte-americana de Barack Obama está a instalar várias bases secretas no Corno de África e Península Arábica, revela o jornal "Washington Post".

Enquadram-se uma grande operação anti-terrorista para neutralizar a Al-Qaeda na Somália e Iémen.

Uma das bases está na Etiópia, tradicional aliado dos EUA na luta contra o movimento terrorista na Somália, Al-Shabab, com ligações à Al-Qaeda e responsável por vários atentados na região. Outra está nas ilhas Seychelles, no Oceano Índico, visando o combate à Al Qaeda da Península Arábica, que controla o sul do Iémen.     

A missão principal das bases é funcionarem com "drones", aviões não tripulados, que se têm revelado uma arma poderosa na luta contra o terrorismo.

No Dibouti, no Golfo de Áden, os EUA já têm instalada há algum tempo uma base de "drones". Nas Seychelles também estão instalados vários "drones" desde 2009. Mas apenas para combate à pirataria nos mares da região.  

James D. Stockman, comandante norte-americano, que supervisiona uma base já existente nas Seychelles, diz ao Washington Post que "os drones podem ser configurados tanto para missões de vigilância como de ataque".

Os EUA já usaram "drones" para ataques letais em pelo menos seis países: Afeganistão, Iraque, Líbia, Paquistão, Somália e Iémen.