Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Discurso de Ahmadinejad causa choque na ONU (vídeo)

As delegações da União Europeia, entre as quais a portuguesa, assim como a norte-americana abandonaram a sala da Assembleia Geral da ONU em protesto conta o discurso do Presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad

Várias delegações ocidentais, incluindo a de Portugal, deixaram hoje a sala da Assembleia Geral das Nações Unidas quando discursava o Presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad.

A delegação norte-americana saiu quando o presidente iraniano condenava o papel dos Estados Unidos nas guerras e na crise financeira.

As delegações da União Europeia deixaram a sala de comum acordo, em sinal de protesto, quando o chefe de Estado iraniano falou em "apoio europeu ao sionismo" e fez alusão ao Holocausto, indicou a missão francesa que considerou o discurso "inaceitável".

"Se os países europeus continuam a utilizar o Holocausto seis décadas depois como desculpa para compensarem os sionistas, as potências coloniais e os esclavagistas não deveriam pagar indemnizações às nações afetadas?", declarou o Presidente iraniano no discurso.