Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Deputados europeus portugueses "são bon vivants"

Rachida Dati foi uma das muitas personalidades presentes na inauguração das novas instalações da Fundação Calouste Gulbenkian, em Paris

Getty Images

"Os meus colegas portugueses são bon vivants, não há nenhuma reunião em que não brinquem, riam, bebam, comam e ouçam música", disse ontem a francesa Rachida Dati na inauguração do novo centro cultural da Fundação Gulbenkian em Paris.

Daniel Ribeiro, correspondente em Paris (www.expresso.pt)

A ex-ministra francesa da Justiça e atual deputada francesa no Parlamento europeu fez as surpreendentes declarações num discurso, ontem, durante a inauguração do novo centro cultural da Fundação Calouste Gulbenkian, em Paris.

"Adoro os meus colegas deputados europeus portugueses, são bon vivants, não há nenhuma reunião em que não brinquem, riam, bebam, comam e ouçam música", disse a política francesa, fazendo sorrir as centenas de pessoas presentes. 

Rachida Dati, que é igualmente presidente da Câmara do bairro número sete da capital francesa, foi uma das muitas personalidades presentes ontem na inauguração das novas e modernas instalações da Fundação Calouste Gulbenkian, em Paris, que abrem ao público a partir de hoje.

Elogios de Nuno Crato

Além de outras personalidades francesas e portuguesas, bem como do presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Rui Vilar, também Nuno Crato, ministro da Educação, discursou na concorrida cerimónia.

"Este centro é um local fundamental para difundir a cultura portuguesa em França", disse o ministro ao Expresso. Nuno Crato tem razão, porque Portugal não tem um centro cultural oficial em Paris e nem sequer um adido cultural na sua embaixada em França.