Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Delgado Domingos: "Climategate é um dos maiores escândalos científicos da História"

O caso Climategate, em que foram manipulados dados para exagerar o aquecimento global, é considerado um dos maiores escândalos científicos de sempre por Delgado Domingos, professor catedrático do IST. Clique para visitar o dossiê Tudo Sobre As Alterações Climáticas.

Virgílio Azevedo (www.expresso.pt)

A descoberta por hackers que entraram na rede da Universidade de East Anglia (Reino Unido), da manipulação de dados climáticos por cientistas britânicos e norte-americanos de modo a exagerarem os sinais de aquecimento global, é considerada por José Delgado Domingos "um dos maiores escândalos científicos da História".

Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ TUDO SOBRE AS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

Em artigo de opinião publicado no Expresso online com o título "O escândalo do Climategate e a Cimeira de Copenhaga", o professor do Instituto Superior Técnico afirma que "o comportamento escandaloso e intolerável de um grupo restrito de cientistas que atraiçoaram o que de melhor a Ciência tem, só aconteceu porque um grupo de políticos, sobretudo europeus, criou as condições para o tornar possível".

O académico acrescenta que "é oportuno lembrar que se deve a inúmeros cientistas sérios e intelectualmente rigorosos uma luta persistente e perigosa contra os poderes estabelecidos".

Estes cientistas "foram vilipendiados e acusados de estar ao serviço dos mais torpes interesses, mas os documentos agora revelados mostram que estavam apenas ao serviço da Ciência e do rigor e honestidade dos métodos que fizeram a sua invejável reputação".

Delgado Domingos recorda que a temperatura global do planeta "não aumenta desde 1998", mas insiste que os problemas ambientais de fundo da sustentabilidade ambiental "devem ser atacados com determinação e realismo".

E acha que, se a Cimeira de Copenhaga "ultrapassar a obsessão do aquecimento/emissões" para se concentrar em temas como a eficiência energética, energias renováveis, usos do solo, desflorestação, combate à fome ou efeitos da variabilidade climática, "teremos uma grande vitória para o planeta".

Mas somente se "a equidade e a justiça social não forem esquecidas".