Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Dê-me um 'Linguado à Cicciolina', por favor!

Depois da Póvoa de Varzim e Vila Nova de Gaia, num restaurante do Algarve já é possível pedir sabores eróticos e ser-se servido em trajes menores. Lisboa e Almada são as cidades que se seguem. (Veja o vídeo no fim do texto)

Mário Lino, correspondente no Algarve

"Queria um bitoque, se faz favor... Não? E uma salada de atum? Também não... Então, dê-me um 'Linguado à Cicciolina', por favor!" - peço à empregada em 'lingerie' semi-transparente branca.

O conceito de refeições servidas em trajes menores, já testado no Norte do país, chega agora ao Algarve. O restaurante, com capacidade para 90 pessoas, oferece sabores afrodisíacos, servidos por empregados e empregadas de mesa praticamente despidos.

"É um novo conceito de restauração que aposta num ambiente descontraído, quase familiar, mas muito divertido", garante Luís de Almeida, um dos proprietários. "Para além disso, temos refeições de qualidade, porque se queremos que voltem, é importante que comam bem", acrescenta.

E variedade de pratos é coisa que não falta, com preços que oscilam entre os 9 e os 30 euros, passando pela carne, peixe e massas frescas, bem como algumas sobremesas requintadas. Também é possível usufruir de alguns menús (Afrodisíaco, Lingerie e Escaldante, por exemplo) que incluem tudo e custam cerca de 30 euros por pessoa. Todos os pratos têm nomes sugestivos, de fazer crescer... o apetite.

'Oh si cariño', 'Linguado à Cicciolina', '69 Italiano, Orgia de Carnes' ou 'Viúva insaciável' são algumas das sugestões do restaurante, que só revela uma receita, a do sucesso: "Nós já tínhamos dois restaurantes, um na Póvoa do Varzim e outro em Vila Nova de Gaia, e agora decidimos apostar na internacionalização. Estivemos quase a abrir em Londres, mas pensámos que era melhor fazer o teste aqui em Albufeira, com os estrangeiros, antes de avançar para Inglaterra", refere Luís de Almeida.

Em breve, através do sistema de 'franchising', esperam abrir em Lisboa, Almada e também em algumas capitais europeias.

Para além do 'prato principal', o restaurante aposta em animação que decorre em simultâneo com a refeição, que inclui espectáculos de 'striptease' masculinos e femininos, 'lap dance', 'table dance' e até 'shows' lésbicos.

"Estou a divertir-me imenso", garante Joana Corado, uma das clientes que chegou a estar por debaixo de um 'stripper', em movimentos pélvicos pouco habituais num restaurante. "Não me importei nada, eu acho que de certo modo também foi bom fazer parte do espectáculo, porque nós estamos cá para nos divertirmos", diz ao Expresso, com um sorriso.

Ao mesmo tempo, Cristiano, 28 anos, 1,86 metros de altura e vários centímetros de 'bíceps', abre uma garrafa de vinho. Vestido apenas de 'boxers', conta ao Expresso que veio do Brasil há nove meses e apesar da licenciatura em Publicidade aceitou o trabalho de bom grado. "Eu já tinha trabalhado numa cadeia de restaurantes no Brasil, em que o ambiente era bastante descontraído, também já tenho feito alguns trabalhos para publicidade por isso não me chateia andar assim", afirma.

"Despida? Você acha que eu estou despida?", pergunta Mayre, 34 anos, apontando para a 'lingerie' semi-transparente que não lhe tapa a pele sardenta. Também ela brasileira, trocou os varões de 'strip' por uma profissão mais calma e de menor exposição. Reconhece sentir-se observada mas diz ser tudo uma questão de hábito: "Não tem nada demais", admite.

Ainda que simpática, nota-se no trato que lhe falta a experiência para servir à mesa.

"Nós tentámos adaptar o pessoal ao ambiente e pôr à mesa pessoas já com alguma experiência, mas não é tarefa fácil chegar ao pé de alguém que já trabalha como empregado de mesa e dizer-lhe para se despir. Até para arranjar bom pessoal para um restaurante normal já é difícil, quanto mais para aqui!", confessa Luís de Almeida, do 'The Lingerie Restaurant', em Albufeira.

Devido ao espaço reduzido, e a avaliar pelo interesse que este tipo de 'carnes' geralmente desperta, aconselha-se a reserva antecipada de mesa.