Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Cuba: dissidentes libertados vão continuar a fazer oposição

  • 333

Héctor Maseda e Ángel Moya foram libertados ontem após oito anos de prisão.

Os dissidentes cubanos Héctor Maseda e Ángel Moya, libertados no sábado após oito anos de prisão, garantiram que vão continuar a lutar pela liberdade e direitos humanos em Cuba e a fazer oposição ao Governo de Castro.

Maseda e Moya são membros do Grupo dos 75, opositores ao regime cubano condenados e presos na Primavera Negra de 2003, tendo negado o exílio em Espanha e a liberdade condicional.

Em declarações aos jornalistas na sua casa em Havana, Ángel Moya denunciou ter sido espancado por agentes da polícia por ter gritado durante o trajeto entre a prisão e o seu domicílio slogans como "Cuba sim, Castro não" e desafiou o presidente Raul Castro a investigar o sucedido.